quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Marcial Lima confirma pré-candidatura a deputado e não descarta saída do PEN




Considerado como um dos vereadores mais atuantes de São Luís, o jornalista e radialista Marcial Lima confirmou que, ainda este mês, lançará sua pré-candidatura à Assembleia Legislativa,.
“A campanha será lançada em janeiro, com simplicidade, visitando, conversando com as pessoas, sem compra de votos, prática que nós combatemos, pois entendemos que as pessoas devem votar com dignidade”, afirmou o parlamentar.
Irmão do prefeito de Grajaú e ex-deputado estadual, Mercial Arruda (PMDB), Marcial disse que o seu projeto tem o apoio de uma corrente formada por amigos e correligionários que residem na região metropolitana de São Luís e no interior do estado.
“Em todas as regiões, temos gente defendendo essa possibilidade, com carinho especial no centro sul, região onde eu nasci, especialmente nos municípios de Grajaú, Formosa da Serra Negra, Arame, Sítio Novo, Amarante, Itaipava do Grajaú, Nova Colinas, Fortaleza dos Nogueiras, Balsas. Também na região do Munim, dos Lençóis. Em todas as regiões, temos um reconhecimento e apoio”.
O vereador não descartou a possibilidade de deixar o PEN/Patriotas, partido pelo qual foi eleito, em 2016, e filiar-se a uma outra sigla para participar da disputa.
“Até o mês de março, vamos definir se vamos continuar no PEN ou se lançaremos candidatura por outro partido”, garantiu.
O PEN/Patriotas no Maranhão é presidido pelo ex-deputado e atual secretário municipal de Articulação Política de São Luís, Jota Pinto, que também concorrerá à Assembleia no pleito de outubro.
Recentemente, Pinto anunciou a filiação ao partido do vereador Dr. Gutemberg (ainda no PSDB), que também deverá tentar uma vaga no parlamento estadual.