quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Beto Castro concede honraria ao babalorixá Pai Dudu

Beto Castro homenageia Pai Dudu


A noite do último dia 19 de Dezembro, foi marcada por homenagens e muita emoção por conta da entrega da medalha Simão Estácio da Silveira, maior honraria do Legislativo ludovicense, destinada a agraciar personalidades locais, nacionais ou estrangeiras que tenham contribuído para o município de São Luís. Em cada período legislativo, os vereadores, individualmente, outorgam a medalha para até três personalidades. O evento aconteceu na sede da Fiema e contou com a presença de várias autoridades do Estado e convidados, e contou também com a belíssima apresentação do Coral São João, com suas cantatas natalinas.
O vereador Beto Castro homenageou o babalorixá Pai Dudu com a concessão da medalha.
De acordo com o parlamentar, a homenagem é  justa, uma vez que Pai Dudu  contribui bastante para o desenvolvimento cultural do Maranhão.
Eu e minha família sempre fomos muito preocupados e inseridos no mundo cultural, foi agraciar uma pessoa que representa muito bem a cultura maranhense, que é o Pai Dudu.


Conseguimos fazer com que a cultura afro do Maranhão, fosse reconhecida e respeitada. É uma honraria para a cultura umbandista, para mim, receber essa medalha".  agradeceu o Pai Dudu.

Sobre a medalha Simão Estácio da Silveira

A homenagem dos vereadores acontece desde 2006. Todo ano, cada um dos 21 parlamentares escolhe de uma a três personalidades para serem homenageadas seja um líder político, um empresário, um trabalhador ou qualquer outro cidadão que tenha prestado relevantes serviços à sociedade ludovicense nos mais variados segmentos sociais.
A medalha Simão Estácio da Silveira foi instituída pela Lei Orgânica do Município e regulamentada pela resolução do plenário 05/95. Simão Estácio da Silveira foi o fundador e primeiro presidente do Senado da Câmara de São Luís, segundo registros históricos. Esses registros evidenciam que a comunicação desse fato à Coroa de Portugal ocorreu em 9 de dezembro de 1619.