terça-feira, 7 de novembro de 2017

PMDB do Maranhão vai em busca do apoio do PT de Lula a Roseana Sarney



Depois de deflagrada oficialmente, na semana passada, a pré-candidatura Roseana Sarney ao Palácio dos Leões, a ordem natural no PMDB maranhense é ir em busca do apoio do PT para composição de aliança para as eleições de 2018, no estado.

A agenda de compromissos partidários tem ficado sob o olhar de águia e responsabilidade do ex-presidente José Sarney (PMDB), que pelo grau de amizade e aproximação ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, não vai medir esforços para atrair, com o canto da sereia, o PT do presidenciável, mesmo tendo o grupo político votado pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

A ex-governadora Roseana já vislumbra no cenário pré-eleitoral até a possibilidade de reeditar uma chapa PMDB/PT, ou seja, ter como companheiro de chapa, um nome a vice petista, reeditando a eleição de 2010, quando teve como vice o então candidato Washington Luiz Oliveira, hoje alçado à condição de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Daqui pra frente todas as investidas do PMDB no Maranhão será evitar que o PT feche questão pelo apoio ao governador Flávio Dino (PCdoB), que irá em busca da reeleição no próximo pleito. 

Em âmbito nacional, formalmente, a direção nacional do PT defende que não ocorram alianças da sigla com outros partidos que votaram pelo impeachment da ex-presidente Dilma.