segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Morre “Axé”, músico da bateria do Bloco Akomabu





Hilberbrando Lopes Filho, mais conhecido como “Axé”, faleceu às 9 horas da manhã desta segunda-feira (27), no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), onde estava internado desde quinta-feira (23) da semana passada. Ele tinha 60 anos de idade; era músico da bateria do Bloco Akomabu e um dos antigos integrantes do Centro de Cultura Negra do Maranhão (CCN-MA).
A esposa de Axé, Raimunda de Fátima da Silva Lopes, informou que ele sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) na semana passada e, nos últimos dias, teve morte cerebral e estava entubado em uma das UTIs do Socorrão I.  Axé, que nasceu em São Luís no dia 26 de abril de 1957, tocava cabaça na bateria do Akomabu.
Ele deixa três filhos: Adalberto Ferreira Lopes, Silvânia de Fátima da Silva Lopes e Alexsandro Pinheiro Silva. De acordo com informações de familiares, o velório será na tarde desta segunda-feira, na casa onde Axé morava, na Rua Presidente Vargas, nº 18, Coréia de Cima.