segunda-feira, 27 de novembro de 2017

“Factoide”, afirma vereador sobre nota do PC do B de São Luís

O vereador Ricardo Diniz, do PC do B, se pronunciou nesta segunda-feira (27), durante sessão da Câmara Municipal de São Luís, sobre o imbróglio envolvendo o seu nome e o diretório municipal do seu partido na capital maranhense.
Diniz classificou de factoide nota divulgada pelo comitê municipal comunista condenando sua postura acerca do projeto de lei, de autoria do vereador Chico Carvalho (PSL), que prevê a implantação do programa “Escola Sem Partido” na rede municipal de ensino de São Luís – reveja e reveja.
Na presença do secretário-geral do PC do B ludovicense, Nilton Santos, que estava na galeria acompanhando a sessão, Ricardo Diniz revelou que tanto o diretório municipal, quanto o diretório estadual, presidido pelo secretário Márcio Jerry (Comunicação e Articulação Política), negaram a autoria do comunicado que o criticou.
“Tratou-se de um factoide. Uma nota falsa divulgada por alguém que prefere causar cizânia”, disse.
Os dois diretórios devem divulgar uma nota conjunta sobre o assunto nas próximas horas.
Fogo amigo e protesto — O editor do blog apurou e descobriu que a referida nota partiu, sim, de uma ala do diretório comunista de São Luís.
Ala, esta, formada por alguns militantes e educadores que, hoje, estiveram na Câmara protestando contra a proposta de Chico Carvalho.
Utilizando cartazes, os manifestantes pediram o arquivamento do projeto de lei e chegaram a chamar alguns vereadores de fascistas.
Chico Carvalho voltou a defender o seu ponto de vista sobre da matéria e garantiu que a mesma não será arquivada.
Ele recebeu o apoio de Beto Castro (PROS), Marquinhos (DEM), Genival Alves (PRTB) e do próprio Diniz.
Os parlamentares defenderam a retirada do projeto da pauta de votação – o que acabou acontecendo – e a realização de um amplo debate envolvendo toda a sociedade.
Os manifestantes deixaram a Câmara após conversa com o presidente da Casa, vereador Astro de Ogum (PR), que marcou para amanhã, às 14h, uma audiência para discutir o assunto.