quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Deputado Cabo Campos volta a cobrar atendimento exclusivo a servidores públicos no Hospital Dr. Carlos Macieira




O deputado estadual Cabo Campos (DEM) classificou como satisfatório o resultado da audiência pública realizada pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (Alema), com a presença do secretário de Estado da Saúde, Carlos Eduardo de Oliveira Lula. Na ocasião, o parlamentar aproveitou para debater sobre programas do Governo do Estado e voltar a cobrar do líder da pasta a reativação do atendimento exclusivo a servidores públicos estaduais pelo Hospital Dr. Carlos Macieira.
“Muito satisfeito. De modo especial, muito preparado o secretário de Saúde. Lembro quando era ainda da Associação de Servidores Públicos do Maranhão. Nós fomos surrupiados no direito de ter um hospital de qualidade, que era o Carlos Macieira. Fizemos ali movimentação; entramos na justiça; fizemos abraço simbólico ao hospital, com demais sindicatos, Sinpol [Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Maranhão] e Sinproesemma [Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão]; entramos na justiça. E, hoje, nós temos a promessa do nosso secretário que o hospital voltará aos servidores públicos. Esse foi o nosso grande questionamento. Eu quero parabenizá-lo. Essa foi uma indicação nossa em 2015. Portanto, parabéns a todos os servidores públicos do estado do Maranhão, que poderão ter, novamente, um hospital de qualidade”, disse Campos.
Em fevereiro de 2015, o parlamentar já havia solicitado, na tribuna da Alema, a exclusividade no atendimento do Hospital Dr. Carlos Macieira aos servidores públicos estaduais. Na época, o deputado disse que a medida teria importância fundamental na melhoria da qualidade de vida dos funcionários do estado. Naquela época, há pouco menos de um mês, Campos precisou ser internado na unidade hospitalar em decorrência de problemas cardiorrespiratórios. Ao chegar no então Hospital do Servidor, disse que foi mal atendido junto à família nos momentos que antecederam a internação. Além desse episódio, testemunhou, no hospital, e denunciou, no Plenário Nagib Haickel, a situação de uma idosa de 66 anos, que passou horas à espera de atendimento especializado.
A Audiência Pública de Execução Orçamentária da Saúde
A apresentação e discussão do Relatório Resumido de Execução Orçamentária referente ao setor no período de janeiro a abril de 2017 é uma iniciativa do secretário, acatada pela Casa do Povo. Os deputados aproveitaram para fazer questionamentos relacionados à atual situação da saúde no estado do Maranhão. Esta é a terceira vez que o secretário de Saúde, Carlos Lula, presta contas de suas ações no Legislativo Estadual, obrigação respaldada em determinação legal, segundo a presidência da Comissão de Saúde.