quinta-feira, 27 de julho de 2017

Atleta maranhense de 13 anos agradece deputado Wellington por incentivo e defesa do esporte



A lutadora maranhense Andressa Raquel, de 13 anos, voltou ao gabinete do deputado estadual Wellington do Curso (PP) na manhã desta segunda-feira (24), acompanhada dos seus pais e do também lutador de Jiu-Jitsu Bruno Ribeiro, e agradeceu ao parlamentar por ter ajudado a custear despesas de viagem que competiu e ficou em terceiro lugar no Mundial de Jiu-Jitsu, que ocorreu nos últimos dias 8 e 9 em São Paulo.

Na conversa, Andressa Raquel relembrou sua luta para tentar custear suas despesas de hospedagem, alimentação e transportes no mundial vendendo água no semáforo junto com amigos.

“Foram dias de lutas vendendo água, mas o que mais nos encorajou foi que o povo estava com a gente, os amigos do Cohatrac que são os másters patrocinadores que nos ajudaram muito a cada dia, a cada sol. Além disso, ainda procuramos o deputado Wellington, logo se prontificou em nos ajudar. O que tenho é só agradecer a Deus e a cada pessoa, a cada gesto de apoio, hoje, eu trouxe a vitória em um mundial para o Maranhão”, disse Andressa.

O deputado Wellington mais uma vez agradeceu Andressa por levar o nome do Maranhão em uma competição mundial, e o mais importante, ter trazido a vitória.

“Foram dias de lutas vendendo água no semáforo, tudo isso por falta de apoio do Governo do Estado e de investimento ao Esporte do Maranhão. Mas mesmo assim Andressa não se abateu e conseguiu vencer a competição no Mundial ficando em terceiro lugar. Uma menina de 13 anos levando o nome do Estado é de grande importância e destaque para o esporte no Maranhão. É apenas um sonho de Andressa Raquel sendo realizado e uma vitória para todo o povo maranhense, não só de Andressa, mas do competidor Bruno Ribeiro, que também trouxe vitória. Mas para isso continuar, precisamos investir mais em nossos jovens e no esporte. Agora, vamos nos preparar para os próximos campeonatos em agosto e novembro deste ano, ainda iremos solicitar do Governo do Estado investimento na carreira dos competidores do Maranhão”, disse Wellington.