quinta-feira, 1 de junho de 2017

“Sem incentivo do Governo, o esporte do Maranhão pede socorro”, dispara deputado Wellington



Quadras abandonadas, atletas sem apoio e esporte sem incentivo. Essa é a triste realidade do Maranhão, que foi pauta do deputado estadual Wellington do Curso (PP), durante pronunciamento na Assembleia Legislativa.

Ao se pronunciar, Wellington mencionou a falta de incentivo ao esporte tanto pela Prefeitura de São Luís quanto pelo Governo do Maranhão.


“Aqui no Maranhão nós temos a Lei de Incentivo ao Esporte, mas o que percebemos é uma triste realidade. De um lado, vemos nossos times perecendo sem qualquer tipo de incentivo; de outro, percebemos a omissão também municipal, ao vermos quadras abandonadas e atletas que não recebem nenhum apoio do Estado. Isso não é exclusividade de uma parte ou outra. Prova disso é que o orçamento do esporte reduziu em quase R$ 13 milhões. Sem incentivo do Governo, o esporte do Maranhão pede socorro”, pontuou Wellington.

O parlamentar fez ainda algumas denúncias quanto ao abandono de quadras e campos, caracterizando a irresponsabilidade da Prefeitura de São Luís.


“Na Raposa, tem uma escola que o muro está pintadinho, que o muro está bonitinho. É o Centro de Ensino Professor José França. Por fora, tá pintado, mas por dentro...veja a situação da quadra. Em relação aos campos,  temos o campo do Moreirão, Campo do Oito, lá no Santo Antônio que também está abandonado. Os problemas não terminam. A Prefeitura de São Luís já recebeu mais de R$ 214 mil para construir o Beira Rio, lá na Ilhinha. E fica a pergunta: onde foi aplicado tudo isso? Lá não foi. Há também outros casos como o do Jaizão, lá no Coroadinho. Todas essas denúncias iremos oficializar ante o Ministério Público, a fim de que adote as devidas providências”, disse o parlamentar.