terça-feira, 6 de junho de 2017

Com Projetos e Leis, deputado Wellington destaca Dia Mundial do Meio Ambiente



Proteção aos animais e garantia de um meio ambiente cada vez mais sustentável. Essa preocupação é o que motiva o deputado estadual Wellington do Curso (PP) a apresentar inúmeros projetos na Assembleia Legislativa. Aproveitando o Dia Mundial do Meio Ambiente, que é celebrado hoje (05), o parlamentar fez referência a alguns projetos e leis de sua autoria.

“Em nosso mandato, nós temos a consciência de que a natureza clama por atenção. É uma relação ‘mútua’: o meio ambiente precisa de nosso cuidado e nós precisamos cuidar para conservar a vida, inclusive a nossa. É preciso que nos preocupemos com o futuro"

Ainda sobre a temática, Wellington mencionou projetos por ele já apresentados na Assembleia Legislativa, a exemplo do que institui a Semana da Coleta Seletiva e Reciclagem de Lixo, que já é Lei Estadual.

“Como deputado estadual, temos a preocupação de cobrar a efetivação de ações que zelem pela sustentabilidade. Acreditamos que o passo inicial de qualquer ‘transformação’ está na educação. Por isso, apresentamos o projeto que institui a Semana da Coleta Seletiva e Reciclagem do Lixo nas escolas do Ensino Médio, objetivando a conscientização da importância da seleção do lixo e a busca de soluções possíveis para seu melhor reaproveitamento. Hoje, já temos a Lei N. 10.340, que surge como instrumento capaz de fazer nascer em cada estudante a vontade de cuidar do meio ambiente e, assim, traçar ações embasadas em perspectivas futuras”, disse Wellington.

Além da Lei N. 10.340, de 20 de outubro de 2015, é de autoria do deputado Wellington vários outros projetos a exemplo:

- Indicação 289/2017, que institui o projeto “Multiplicadores ambientais”,  que tem o objetivo de capacitar jovens para ajudar a preservar o meio ambiente no Estado do Maranhão;

- Indicação 281/2017, que impõe o projeto “Cavalos de Lata”, a fim de combater o uso de carroças, movidas por cavalos, para fazer o transporte de lixo e materiais reciclados, substituindo-os por máquinas;

- Indicação 278/2017 , que institui o Plano de Ação Animal, que consiste em mutirões e visitas a bairros a fim de garantir ações preventivas e de proteção aos animais de rua.