segunda-feira, 22 de maio de 2017

Joesley Batista diz que destinou R$ 30 milhões para compra de voto de deputados

Resultado de imagem para foto da bancada maranhense
O empresário Joesley Batista, o delator da JBS, disse , em alto e bom som, que o ex-deputado e ex- presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, o solicitou R$ 30 milhões para compra de votos de parlamentares, com o objetivo de ganhar a eleição da presidência.
Tendo em vista, esse absurdo de corrupção e quebra do regime democrático, de maneira ardilosa, nefasta e nojenta – precisamos dizer, que nesse contexto, seria de bom alvitre, que aqueles deputados federais maranhenses, que votaram em Eduardo Cunha (PMDB), por ‘convicção’ ou motivados por algum sentimento, não republicano, vamos dizer assim, possam dar explicações sobre esse tema – não ao Blog, mas aos eleitores do Maranhão.
Está na hora de passar a limpo esse País, e a Bancada Maranhense que tem dezoito deputados, os que votaram em Cunha, precisam vir a público e dizer, porque o fizeram – com motivação de dinheiro sujo ou não… Foi, apenas convicção em votar no melhor???
Enfim, com a palavra os parlamentares maranhenses, que votaram em Eduardo Cunha, dito por Joesley Batista que entregou uma recurso de 30 milhões para que fossem comprados os votos, que os levariam a ‘vitória da corrupção’!!!
Senhores deputados, expliquem-se, pois ficar calado, é assinar o recibo e protocolar uma vergonhosa negociata, “de um crime organizado” da política brasileira.