segunda-feira, 6 de março de 2017

Monteiro e Zé Carlos disputam o comando do PT no Maranhão

Chapa de Monteiro eleita no último pleito; na eleição deste ano ele apoia Zé Inácio
O diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) no Maranhão encerra hoje o prazo de inscrição de chapas para a eleição do comando estadual e de todos os diretórios municipais da sigla.
A direção nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu antecipar de outubro para junho deste ano – entre os dias 1º e 3 – a realização do VI Congresso Nacional da legenda, o que aumentou a correria para a articulações de candidaturas.
Por conta da mudança no calendário, ficou antecipado, também, o Processo de Eleições Diretas (PED) nos municípios e nos estados – dias 9 de abril e de 5 a 7 de maio, respectivamente.
A eleição marcará o início do processo de reconstrução da legenda no estado, que ficou com a imagem arranhada após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e o indiciamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Polícia Federal (PF), e também reposicionará a legenda para as eleições 2018.
Até a última sexta-feira nenhuma chapa havia se inscrito para a eleição do diretório estadual. Dois grupos, contudo, medirão forças na eleição.
O deputado estadual Zé Inácio será o candidato do grupo liderado pelo atual presidente da legenda, Raimundo Monteiro, e Augusto Lobato disputará a presidência da sigla com o apoio do deputado federal Zé Carlos.
São esses dois grupos que se enfrentarão, também, na primeira grande eleição, a municipal. No caso de São Luís, o maior colégio eleitoral do Maranhão, devem ser candidatos o atual presidente, Fernando Magalhães – com apoio de Monteiro -, o vereador Honorato Fernandes – com apoio de Zé Carlos -, e o militante Carlito Reis.
Reconstrução – O atual presidente estadual, Raimundo Monteiro, vê o PED como uma oportunidade de “reconstrução” do PT.
“O partido passa por um processo de reconstrução e fortalecimento em todo o país. A eleição será um momento importante, um marco para o futuro do PT”, destacou.
Segundo ele, a partir do processo eleitoral os petistas devem reforçar a campanha pró-Lula para a Presidência da República em 2018. Monteiro avalia que o Brasil pode ser convencido de que com o ex-presidente pode haver desenvolvimento.
“Estamos confiantes de que o presidente Lula ressurgirá com força nacional em 2018 e estaremos prontos para apoiá-lo aqui no Maranhão. O Brasil manchou parte da história com o golpe contra a presidente Dilma e precisa retomar o caminho que vinha sendo trilhado, de desenvolvimento”, afirmou.
Quem deve entrar na disputa
Diretório estadual
Zé Inácio – com apoio de Raimundo Monteiro
Augusto Lobato – com apoio de Zé Carlos
Diretório municipal de São Luís
Fernando Margalhães [reeleição] – com apoio de Raimundo Monteiro
Honorato Fernandes – com apoio de Zé Carlos
Carlito Reis – independente