segunda-feira, 20 de março de 2017

Marcial Lima faz defesa de rodoviários contra empresários na Câmara Municipal

Marcial Lima considerou as questões muito graves e afirmou que tal procedimento é condenável.
Em razão de denúncias de que os trabalhadores do Sistema Integrado de Transporte estão sendo prejudicados pela direção do órgão para pagarem reposição de peças danificadas dos veículos envolvidos em acidentes, o vereador Marcial Lima (PEN) está apresentando proposição na Câmara Municipal de São Luís, visando coibir o que considera abuso.
A denúncia chegou ao parlamentar pelo Sindicato dos Rodoviários, por meio do presidente da entidade, Isaias Castelo Branco. Segundo ele, as empresas permissionárias do serviço de transporte público estariam descontando nos contracheques dos cobrando a reposição de peças danificadas nos veículos envolvidos em acidentes. Acrescenta ele que os profissionais também são cobrados para ressarcir os assaltos praticados por criminosos dentro os ônibus
Marcial Lima considerou os assuntos bastante graves, e que tal procedimento é condenável.
“Isso é grave e não pode acontecer. Algumas empresas tem judiado psicologicamente dos rodoviários, judiam psicologicamente do profissional que já trabalha com a dificuldade do assalto, e que às vezes o próprio assalto também dele é cobrado. O rodoviário não pode ser penalizado por uma peça de ônibus que quebra no trajeto, no serviço”, afirmou o vereador do PEN.
O vereador garantiu que esta semana levará o conhecimento da denúncia ao Ministério Público.
“E espero que medidas seja adotadas pelo poder público para que essas denúncias sejam apuradas e, de acordo com a necessidade, sejam tomadas providências que os casos requerem”, afirmou Marcial Lima, finalizando que a situação já foi comunicada ao secretário Municipal de trânsito e Transportes, Canindé Barros, “de quem também estamos esperando uma tomada de posição”.