quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Documentos comprovam que Josinha Cunha usou esquema criminoso na campanha em Zé Doca





Josinha Cunha, prefeita de Zé Doca
Documentos obtidos, com exclusividade, pelo Blog do Ligeiro revelam que a prefeita de Zé Doca, Josinha Cunha (PR), usou uma organização criminosa durante as eleições de 2016.
Segundo informações, Hamurabi Simplicio Cutrim da Silva, acusado de roubo a mão armada em Fortaleza (CE) e responde a um processo no Maranhão por estelionato e latrocínio, é acusado de comandar o grupo armado a mando da prefeita.
Hamurabi que é um dos “Homens de confiança” do deputado Josimar de Maranhãozinho (PR), e foi um dos coordenadores da campanha de Josinha em Zé Doca.  Hamurabi foi denunciado por um senhor identificado como Paulo Vitor Pinheiro Serra por contratá-lo para compor o grupo em Zé Doca (leia o depoimento abaixo).
Durante a campanha, o criminoso foi fotografado com uma mala cheia de dinheiro.
Conforme denúncias, outro integrante do grupo era Fábio Brito, presidente do partido Rede no município de Zé Doca, que era visto frequentemente ostentando altas quantias (veja as imagens).
Diante dos fatos, é notório que o caso precisa ser investigado pelas autoridades competentes, uma vez que se trata de crime graves.
Hamurabi Simplicio
Fábio Brito
Em tempo:
  A  Justiça Eleitoral INTIMA – Maria Josenilda Cunha Rodrigues (Josinha Cunha), Ana Angélica Moura Sampaio, Edilson de Sousa Vieira, Antônio Maia Pereira, Constantino Sbaraglia Neto, Antônio João Pereira Martins e Josimar Cunha Rodrigues, para audiência daAÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORALque apura eventuais irregularidades ocorridas nas Eleições Municipais 2016 em Zé Doca/MA.
    A audiência está marcada para o dia 08/03/2017, às 14hs, no Fórum de Zé Doca/MA
.