quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Nonato Chocolate é o preferido de Edivaldo Holanda e do PT para a Secretaria da Cultura de São Luís

Nonato Chocolate (de camisa clara) com o deputado estadual Zé Inácio e o presidente do PT em São Luís, Fernando Magalhães
O professor Nonato Chocolate pode ser mesmo o próximo secretário de Cultura do Município de São Luís. Chocolate, como é conhecido popularmente, é sociólogo, professor concursado do Colégio Universitário (Colun). Também é militante do Partido dos Trabalhadores (PT) e tem atuação nos movimentos populares.
A possível indicação de Nonato Chocolate deve-se ao fato de ele ter apoiado incondicionalmente e irrestritamente a eleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).
A militância, a simpatia e o trânsito na classe artística fazem de Chocolate um nome forte para ocupar a vaga de secretário.
Nonato Chocolate tem também a simpatia do prefeito Edivaldo, das instâncias democráticas do PT e do líder do partido na Assembleia, deputado Zé Inácio.
Chocolate (de crachá) na UFMA com Genivaldo Abreu, Mano Borges, Ivandro Coêlho e Celso Reis
Ontem, Chocolate esteve na Universidade Federal do Maranhão (UFMA) conversando com o jornalista e blogueiro Genivaldo Abreu, os artistas Ivandro Coêlho, Celso Reis e Mano Borges. Os dois últimos estavam gravando um documentário sobre os anos 80 na UFMA.