terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Petrobras eleva preço da gasolina e diesel nas refinarias após duas quedas



A Petrobras decidiu elevar o preço do diesel e da gasolina nas refinarias em 9,5% e da gasolina em 8,1%, respectivamente. As médias dos aumentos vêm depois de duas quedas consecutivas anunciada pela petroleira, em outubro e novembro. A mudança será aplicada amanhã (6) nas refinarias.
O Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP) se reuniu na tarde de hoje e decidiu pela alta dos combustíveis. Se o ajuste for integralmente repassado aos consumidores, o diesel pode subir até R$ 0,17 por litro – 5,5% -, e a gasolina até R$ 0,12 – 3,4%.
petrobras2O GEMP declarou que a medida foi tomada diante da alta do petróleo e derivados, além da desvalorização da taxa de câmbio. Em contraponto, a estatal comunicou, em nota, que sua participação no mercado interno de diesel registrou “pequenos sinais de recuperação”. A Petrobras revisa os valores nas refinarias pelos menos uma vez a cada 30 dias. A alta deve interferir nos preços cobrados pelas distribuidoras e pelos postos de combustíveis.
De acordo com o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (Cbie), Adriano Pires, a decisão da Petrobras é coerente, uma vez que o preço do petróleo subiu no mercado internacional e o real se desvalorizou ante o dólar, dois movimentos que têm impacto direto no preço dos combustíveis. “Finalmente, a Petrobras mostra que tem uma política de preços sem interferência do governo. Se a estatal quisesse recuperar todo o prêmio que estava recebendo em novembro, deveria promover um aumento maior, de 20%. Mas ela não pode transferir toda a volatilidade do mercado internacional para as bombas”, analisou.
Correio Braziliense