segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Cunhado suspeito de assassinar sobrinha de José Sarney já está em Pedrinhas

Lucas Porto com o uniforme de detento
Lucas Porto com o uniforme de detento
Já está no Centro de Triagem de Pedrinhas, Lucas Leite Ribeiro Porto, 37 anos, principal suspeito do assassinato de Mariana Menezes Araújo Pinto, filha do ex-deputado estadual Sarney Neto e sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney. Porto esteve no apartamento da vítima, duas vezes antes do crime. Na última visita, pelas imagens, desceu correndo pela escada do edifício. Ele é casado com a irmã da própria Mariana. A vítima, segundo a Polícia Civil, foi estrangulada e morreu por asfixia. O fato aconteceu no apartamento da vítima, que fica no 9º andar do condomínio Garden Park, na Avenida São Luís Rei de França, no Turu.
De acordo com as primeiras informações, a vítima teria sido encontrada no seu quarto, desacordada, mas ainda com vida. Mariana Costa chegou a ser encaminhada ao Hospital São Domingos, mas não resistiu.
O laudo do Instituto Médico Legal (IML ) deve confirmar que Mariana Costa morreu vítima de asfixia por estrangulamento.
Imagens
A Polícia Civil confirmou a prisão do cunhado da vítima, Lucas Leite Porto, apontado como principal suspeito pelo crime. As imagens da câmera de segurança do condomínio teriam sido fundamentais para a prisão.
Mariana Costa era casada com Marcos Renato, que é filho do empresário José Renato (Laticínios São José) e, além do esposo, deixa duas filhas, ambas ainda crianças, com 11 e 9 anos.
A família de Mariana Costa confirma que o velório está sendo realizado na igreja IBOA, no Olho D’agua (Igreja Batista). O enterro será as 16h no Parque da Saudade no Vinhais.