segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Wellington do Curso promete votar em Eduardo Braide, além de se empenhar em sua campanha

Mesmo diante da grande insistência da cúpula do prefeito e candidato à reeleição Edivaldo Holanda Júnior (PDT), a exemplo de um dos homens das “operações”, Márcio Jerry, faltar enlouquecer, em ligações, o deputado estadual Wellington do Curso (PP), para declarar apoio ao prefeito-fantoche dos comunistas, o ex-candidato à prefeito e dono de mais de 103 mil votos, decidiu mesmo, na tarde desta segunda-feira, 24, declarar apoio ao colega de parlamento Eduardo Braide (PMN), que disputa, em 2° turno a administração da capital maranhense.
af6bf3f5b685c802a860d7020fb9c877
Wellington do Curso promete votar em Eduardo Braide, além de se empenhar em sua campanha
Márcio Jerry, ao que parece, deve sofrer da doença chamada amnésia, ou faz realmente parte do tipo de política mais suja que existe, a qual fez ele acreditar que depois de se mostrar covarde, orgulhoso, presunçoso, jogador de uma política imunda, de interesse e de exclusão, bastariam algumas ligaçõezinhas, reuniõezinhas e o ex-desafeto do governo, deputado Wellington, sairia correndo para os braços “das papadas e das mudanças”.
As emoções e surpresas da campanha eleitoral deste ano em São Luís não param, mesmo já estando em fase final de 2° turno.
Nesta tarde, ao discursar na tribuna da Assembleia Legislativa, Wellington do Curso deixou todos atônitos ao, além de declarar publicamente apoio político ao candidato Eduardo Braide, afirmou que a partir de hoje, já começa a se empenhar na vitória do opositor do prefeito.
Ainda na fala de Wellington, ele fez questão de se mostrar totalmente contrário ao trabalho que a atual gestão vem realizando ao longo dos últimos anos e ainda que se optasse por Edivaldo Holanda estaria traindo a sua consciência e tudo o que já denunciou até aqui.
“Prefeito Edivaldo Holanda Júnior, na minha concepção, foi omisso e abandonou a cidade.
Fui candidato à prefeito de São Luís e talvez tenha sido uma das maiores experiências que eu enfrentei na vida e nessa experiência, eu pude compreender, eu pude conhecer várias vertentes dos seres humanos, vários tipos de sentimentos, desde a falsidade, a covardia, a inveja, a vaidade, o orgulho, a traição. Foram vários sentimentos e um grande aprendizado.

Eu desconheço na história recente deste estado e deste município, alguém que tenha apanhado tanto quanto eu apanhei, de forma covarde, lutando contra duas máquinas, governo do estado e prefeitura de São Luís e sai das urnas vitorioso, de cabeça erguida, com a minha independência política, com a minha coerência política e agradeço mais uma vez os 103.951 votos honestos, limpos, votos conscientes.

Acredito que esses votos conscientes clamam por um novo gestor, evidenciado nas urnas, os quais não concordam com o atual modelo.
Durante esses 20 dias, tenho ouvido a todos.Tenho ouvido a toda São Luís, interlocutores e pessoas ligadas à Edivaldo, ligadas à Eduardo Braide e mensurado todos os posicionamentos e pontos de vista.
Se na tarde de hoje optasse por Edivaldo Holanda estaria traindo a minha consciência e tudo o que eu trouxe até aqui. Se eu, por ventura, ficasse neutro, estaria contribuindo e ajudando o prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Ao declinar o meu voto para Edivaldo, estaria contrariando a minha convicção e o meu posicionamento.
Por isso, quero declarar na tarde de hoje, o meu voto em Eduardo Braide e saibam todos, não só o meu voto, mas hoje, já vou me empenhar na campanha. Eu sou um homem de luta e um homem aguerrido e vamos fazer a diferença!
Desejo que São Luís tenha um futuro melhor pelos próximos 4 anos e tenham certeza que vou me manter vigilante e cobrando melhorias para a população e para São Luís. Meu voto é em defesa da população e em defesa de São Luís!
Eu não sou homem de ficar calado. Sou um homem de coragem e de atitude”, declarou Wellington do Curso.