quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Wellington do Curso ficará neutro no 2º turno


wc1
O candidato revelação da eleição municipal de São Luís, Wellington do Curso (PP), ficará neutro neste segundo turno. Covardemente atacado por aliados do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), em que arrendaram a TV Difusora, mesmo com pouquíssima audiência, para caluniar e difamar com inverdades, o candidato Wellington, razão pela qual muito dificilmente ele apoiaria o atual gestor de São Luís.
Outro covarde que atacou abertamente o candidato pepista durante o debate da TV Mirante, foi Eduardo Braide (PMN), na qual o acusou de não ter liberado emenda parlamentares em benefícios da sociedade, sendo que Wellington tinha apenas um 1 ano meio, (um ano e seis meses) como deputado estadual. E mentiu veementemente que ele não teria aprovado um projeto em benefício dos professores, mesmo sendo defensor da classe.
Isto sem contar os ataques diariamente feito por “candidatos alaranjados”, portanto, tais evidências levam a crer que Wellington do Curso, detentor de mais de 100 mil votos conscientes de eleitores da capital, seguirá sem opção de apoio neste 2º turno.
Wellington por não ser um político tradicional, de palavras prontas e com discursos preparados, foi engolido pelas velhas raposas da política e o povo que é soberano nesta disputa, acolheu o discurso de efeito e de impacto do advogado do diabo.
Aliás, os dois candidatos que estão brigando pelo poder são afilhados políticos do governador Flávio Dino (PC do B); Um é agraciado com asfaltamento de ruas nos bairros e o, outro tem suas emendas parlamentares (dinheiro), liberado pelo governo do estado. Está tudo em casa.