quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Sampaio sofre no Castelão e perde para o Vila Nova


Jogando tudo ou nada pela sobrevivência na Série B, o Sampaio foi derrotado para o Vila Nova no estádio Castelão, em jogo em jogo que perdeu até penalidade.
Primeiros movimentos favoreceram a equipe do Vila Nova, que conseguiu escapar pela esquerda e mandar um chute cruzado na trave. Um susto inicial que levou ao Sampaio ao ataque, e Pimentinha causou perigo à retaguarda adversária.
Sampaio foi derrotado no Castelão (Foto: Elias Auê)
Sampaio foi derrotado no Castelão (Foto: Elias Auê)
Precisando unicamente da vitória, o Tricolor tentava propor o jogo e envolver o Vila, que se defendia com eficiência e buscava o contra-ataque, mas sem efetividade. Era jogo de paciência.
Estevam achou uma brecha pela esquerda e cruzou na área para Thiago Santos, que cabeceou sobre o travessão.
Em lance de velocidade, o jogador do Vila Nova foi derrubado fora da área, mas o árbitro marcou a penalidade com todo o gosto do mundo. Estava aberto o placar.
O Sampaio quase iguala no lance seguinte. Sotero cobrou o escanteio e a bola foi desviada na trave, na sobra, Cleitinho acertou um sem-pulo pra fora. Passou perto.
A Bolívia desceu em desvantagem para o vestiário. Restavam 45 minutos para tentar a virada e se manter vivo na Série B.
Era tudo ou nada, e o Sampaio tentava se organizar para, pelo menos, igualar o marcador, mas não encontrava um meio de furar a defesa do Vila Nova. Até a arbitragem assinalar pênalti em Thiago Santos. Marmentini não converteu.
Pimentinha teve a chance de empatar na sequência, e foi bloqueado pelo goleiro goiano, que abafou o chute.
Explorando os contra-ataques, o Vila Nova ainda marcou mais duas vezes e fechou o placar.
Ficha Tricolor

Rodrigo Ramos, Eder Sciola, Wagner Fogolari, Luiz Otávio e Rafael Estevam; Diogo Orlando, Diego Lorenzi (Rayllan), Lucas Sotero (Hiltinho) e Cleitinho (Marmentini); Pimentinha e Thiago Santos.