quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Concerto Musical em Noite de Gala comemora os cinquenta anos da UFMA


SÃO LUÍS - A Universidade Federal do Maranhão celebra os seus cinquenta anos de fundação nesta quinta-feira (20), no Teatro Arthur Azevedo, com o concerto musical Noite de Gala, que será apresentado por profe ssores e alunos do curso de Música, pela Camerata e Coral da UFMA, Coral Antonio Rayol, Big Extension Band e convidados. A entrada é franca e os ingressos pode ser retirados na bilheteria do teatro, no dia do evento.
No repertório, músicas eruditas e populares darão o tom da noite. De acordo com o diretor musical do Concerto, Ricardo Bordini, o público irá apreciar boas canções. “O curso de Música irá mostrar um pouco das atividades realizadas na graduação. Na primeira parte do Concerto vamos ter músicas eruditas, com participação do coral da UFMA, sob a regência da professora Angélica Marques, além da Camerata e de outros convidados. A segunda parte será composta por músicas populares, onde haverá a participação da Big Extension Band, dirigida pelo professor Francisco Padilha e composta por alunos do curso de Música”, explicou.
Fundado há 20 anos, o Coral Antônio Rayol é regido pelo professor Alberto Dantas Filho e levará ao público a apresentação da “Missa Defunctorum”, composição musical maranhen se mais antiga que se tem conhecimento. “Vamos apresentar, junto com o Coral UFMA, a peça composta há mais de 200 anos, que faz parte do repertório histórico de canções maranhenses”, ressaltou Dantas.
Já a Camerata da UFMA, formada pelos professores Ricardo Mazzini Bordini, Mônica Luchese Marques, Brasilena Grottschall Pinto Trindade, Vinicius Brito, Helton José Alves Borges, Marilane Borges Carvalho, Luciano dos Santos Abreu e Neilan Saelle irá acompanhar os corais UFMA e Antônio Rayol, com sua orquestra de cordas.
Ricardo Bordini, que leciona no curso de Música há dois anos, destacou que essa participação no aniversário da UFMA demonstra o amadurecimento e o reconhecimento que a graduação vem conquistando nos últimos anos.
“O curso de Música vive um momento bem positivo com a chegada de professores qualificados, com larga experiência na área e que começam a dar um novo impulso. Hoje, a graduação conta com mais de 200 alunos e o cinquentenário da UFMA é uma oportunidade para compartilharmos nossas conquistas”, declarou Bordini.
Sobre os músicos
Mônica Luchese é graduada em Educação Artística, habilitação em Música pela Universidade de Brasília, possui Mestrado em Música pela mesma instituição. É professora da Universidade Federal do Maranhão, coordena a Camerata da UFMA e atua nas áreas de música na educação infantil, ação pedagógico-musical e repertório de conhecimentos.
Ricardo Bordini é graduado em Composição e Regência pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, possui Mestrado e Doutorado em Música pela Universidade Federal da Bahia e Estágio Pós-Doutoral na University of California at Santa Cruz, nos Estados Unidos. É professor da Universidade Federal do Maranhão, com experiência na área de composição musical, atuando principalmente nos seguintes temas: análise musical, teoria pós-tonal, música brasileira, composição musical, execução musical, informática e hipermídia em música, espaço de encadeamentos atonal e composição algorítmica.
Alberto Dantas Filho é licenciado em Música pela Universidade Federal de Pernambuco e em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa, Portugal, onde, também, realizou Doutorado em Musicologia Histórica. Exerceu a direção da Divisão de Atividades Musicais do DAC, período no qual coordenou cinco Femaco (Festival Maranhense de Coros) e tem diversos trabalhos publicados sobre a música antiga maranhense, dos quais se destaca o 5º volume da coleção musicológica Música do Brasil da Funarte. Foi diretor do Departamento de Assuntos Culturais – DAC da Pró-Reitoria de Extensão.