quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Segundo turno será entre Edivaldo e Wellington, garante pesquisa Ibope

Candidato progressista, mesmo sendo alvo permanente de ataques e notícias inverídicas produzidas pelo atual prefeito, aparece bem posicionado na segunda colocação e garantido na próxima etapa do pleito eleitoral

pesquisa ibope mirante
Pesquisa do Instituto Ibope divulga na noite desta quarta-feira (28), no JMTV 2ª edição, da TV Mirante, confirmou que o deputado estadual e candidato a prefeito da coligação “Por Amor a São Luís”, Wellington 11 (PP), estará no segundo turno das eleições disputando com o atual prefeito e candidato a reeleição, Edivaldo Holanda Júnior (PDT).
Mesmo sendo alvo, diariamente, de ataques e notícias inverídicas produzidas pela campanha de Edivaldo Jr, que continua usando a máquina pública a seu favor, Wellington, em todos os cenários – seja na pesquisa estimulada ou na contabilização apenas dos votos válidos – aparece bem posicionado na segunda colocação e garantido na próxima etapa do pleito eleitoral em São Luís.
Quando foram levados em consideração somente os votos válidos, excluindo-se brancos e nulos, o candidato progressista apareceu com 32% das intenções de voto. Edivaldo Jr. pontuou com 42% e Elizane Gama (PPS) com apenas 9%.
Na pergunta estimulada, na qual são apresentados ao eleitor os nomes dos candidatos, Wellington apresentou 28% das intenções de voto, 20% a mais que Eliziane. O atual prefeito pontuou com 38%.
Rejeição – Wellington também com um dos menores índices de rejeição. Apenas 16% dos entrevistados afirmaram não nele no dia 02 de outubro.
Elizane Gama é a mais rejeitada, segundo a pesquisa, com 24%. Edivaldo Holanda Júnior aparece em segundo lugar com 23% dos entrevistados afirmando não votar nele de maneira alguma.
A pesquisa Ibope, contratada pela TV Mirante, ouviu 805 eleitores, entre os dias 24 e 28 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o protocolo MA-05305/2016.