segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Deputado Sergio Frota entrega troféu na I copa Quilombola de Futebol Maranhense.



Neste domingo (18), o deputado Estadual Sergio Frota (PSDB) esteve no Centro Social dos Servidores do Estado do Maranhão, antigo Ipem, para assistir a etapa final da I Copa Quilombola de Futebol Maranhense. Na ocasião, jogaram as equipes dos municípios de Alcântara, Monção e Serrano do Maranhão, respectivamente, terceiro, segundo e primeiro lugar. A competição foi organizada pelo instituto Solis juntamente com as Secretarias de Estado de Igualdade Racial (Seir) e Esporte (Sedel), parceria da Cemar, e apoio do deputado Sergio Frota.

Em sua primeira edição, a copa reuniu 168 equipes participantes, promoveu 287 jogos no estado, mobilizando mais de 4 mil jogadores das comunidades. Para Sergio Frota, o projeto atingiu com sucesso o objetivo de integrar e valorizar a cultura negra no Maranhão. “Há muito tempo venho lutando para mostrar a sociedade como o esporte pode educar, promover a cidadania, cultura, e, especialmente, fortalecer o sentimento de pertencimento a uma comunidade. Apoio e incentivo com muito orgulho eventos como a copa quilombola, outro bom exemplo de como nós, políticos, podemos colaborar para a integração social e a propagação de bons valores, diz o parlamentar do esporte.

A coordenadora do projeto, Ana Paula Nogueira, explicou que a copa quilombola surgiu de uma necessidade histórico social de ações que visam integrar o afrodescendente no estado. “Dentro da população maranhense, a maior parte é quilombola, afro descendente. A grande perspectiva do instituto é, ao desenvolver esse projeto, a inserção social dessa parcela da população. Com a copa, lutamos para que os quilombolas sejam vistos pelos políticos, pelos empresários, e, desse modo, possam ter mais oportunidades e perspectivas de vida. Agradecemos muito ao governo do estado, o secretário Gerson Pinheiro, a Cemar, e o deputado Sergio Frota. É muito confortante, especialmente no momento atual, saber que empresas e políticos de renome no estado apoiam e lutam por esta causa”.

Ao analisar de perto a performance dos jogadores dos quilombos, o deputado, e presidente do sampaio, avaliou com entusiasmo o futuro de alguns deles. “A faixa etária desses jogadores propicia a entrada de alguns deles em grandes clubes do futebol maranhense, Sampaio, Moto, Maranhão, e Imperatriz. Participar desses projetos pode ajudar esses atletas amadores a conquistarem uma oportunidade no futebol. Desse modo, o esporte funciona como um instrumento não só de melhoria social, mas também financeira. Convido as lideranças dos clubes a assistir os jogos, e avaliarem as condições desses jogadores para figurarem em seus clubes. Tem jogadores de qualidade em nosso próprio estado”.

Para a entrega dos troféus e das premiações, além do deputado, estiveram presentes o Secretário da Seir, Gerson Pinheiro, o supervisor de praças da Sedel, Fernando Lins, e o presidente do Instituto Solis, Wellinton Mendes.