quarta-feira, 24 de agosto de 2016

São Luís é a capital nordestina com o maior número de candidatos a prefeito


São Luís é a capital nordestina com maior número de candidatos disputando a Prefeitura de São Luís. Ao todo, são nove querendo ser o gestor da cidade. São tantas opções que a eleição acabou opondo o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e o vice-­governador, Carlos Brandão (PSDB).
Edivaldo Holanda Júnior (PDT) tenta a reeleição e quer desbancar os seus opositores: a deputada federal Eliziane Gama (PPS), o deputado estadual Wellington (PP), o vereador Fábio Câmara (PMDB), o deputado estadual Eduardo Braide (PMN), a vereadora Rose Sales (PMB), o servidor público Valdeny Barros (PSOL), a professora Cláudia Durans (PSTU) e o médico Zeluis Lago (PPL).
Com tantas opções na disputa municipal, Flávio Dino e o vice Carlos Brandão acabaram ficando de lados opostos: o comunista apoia o atual prefeito, eleito ainda no primeiro turno em 2014, também com apoio do governador; e o tucano está ao lado de Eliziane Gama, deputada federal mais votada do Maranhão e terceira colocada nas eleições municipais de 2012.
Holanda Júnior já começou a usar a imagem de Dino em sua campanha. O pedetista fala na parceria institucional entre os executivos Estadual e Municipal e afirma que quer dar continuidade ao trabalho que desenvolve com o apoio do comunista.
Enquanto isso, o PSDB maranhense, presidido pelo vice-­governador, indicou o vice de Eliziane, José Joaquim, que é vereador em São Luís. A coligação de Gama reúne o PSDB, do vice­-governador Carlos Brandão e do ex-­prefeito João Castelo, PSDC, Rede, Solidariedade, PTN, PRTB, PTdoB e o PV, presidido no Maranhão pelo ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho.
Do jornal O Estado do Maranhão