quinta-feira, 7 de julho de 2016

"São Luís precisa de um plano de segurança mais rígido", cobrou Wellington



O deputado Wellington do Curso (PP) usou mais uma vez a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão na manhã desta quinta-feira (7), para falar do aumento de assaltos a ônibus e cobrar mais segurança em São Luís.

O pronunciamento do deputado iniciou com base nas informações do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão que aponta um crescimento de 23,7% de ocorrências apenas no primeiro semestre deste ano.

“É muita falta de segurança em nossa cidade. Podemos observar que os dados apontam que em 2014, houve 265 ações criminosas nos coletivos, em 2015, foram 248, somente neste ano, foram 307 ocorrências apenas no primeiro semestre, ou seja, em comparação ao primeiro semestre dos demais anos, houve um crescimento de 23,7%. Ao invés de diminuir o número de crimes, está é aumentando em São Luís, isso é inadmissível, São Luís precisa de um plano de segurança mais rígido, principalmente nos coletivos”, cobrou Wellington.

Wellington apresentou como solução, efetivar barreira de segurança permanente na entrada de São Luís.

“Uma das soluções é fixar uma barreira permanente de segurança pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR 135, entrada de São Luís. Assim, iria impedir a entrada de drogas e armas em nossa cidade, sendo que a BR é de competência da União e não do Estado. A Polícia Rodoviária Estadual ficaria como apoio, ou com barreiras móveis, reforçando ainda mais a nossa segurança, pois mesmo com todo o empenho das forças policiais, a situação está fugindo de controle. Então, solicitamos ao secretário de Segurança Pública mais atenção à segurança na cidade e nos coletivos”, cobrou Wellington.

Na oportunidade, ainda foi relembrado que o deputado solicitou uma Unidade de Segurança Comunitária (USC) bairro Cidade Olímpica e no Anil, além de uma outra na Zona Rural de São Luís. Alem de solicitar mais efetividade nas repreensões a assaltos a ônibus.

Wellington concluiu relembrando alguns casos de crimes de grande repercussão que aconteceu em São Luís.

- 06 de julho de 2016 – Motorista do ônibus Campus UFMA leva golpe de facão em assalto a ônibus em São Luís.

- 09 de março de 2016 – Messias dos Santos Alves, de 49 anos, motorista de ônibus que foi baleado no pescoço na Estrada de Ribamar.

- 03 de junho de 2015 – Alessandrina Alves Rodrigues, de 19 anos, morta após uma tentativa de assalto na Ponte José Sarney.

- 04 de abril de 2015 - Rondinely Ferreira da Costa, de 18 anos, morto dentro de um ônibus em frente à Maternidade Marly Sarney, na Cohab.

- 1º de abril de 2015 – Rafael Serra Santos, de 26 anos, morto após reagir a um assalto na Rua Rio Branco, no Centro de São Luís.