segunda-feira, 25 de julho de 2016

Quero que o ludovicense tenha orgulho de dizer que mora em São Luís, afirma Eliziane



Moradores, empresários e lideranças da Região do Cohatrac participaram da plenária popular do Programa São Luís de Verdade na noite deste sábado, dia 23 de julho com a participação da pré-candidata à Prefeitura da capital maranhense, deputada Eliziane Gama.

Na ocasião, Eliziane Gama esclareceu os objetivos do PPS com a realização do evento nos bairros. “Nosso objetivo é ouvir a população que é quem conhece e vive o dia a dia da cidade, e construir juntos o programa de governo que será protocolado na Justiça Eleitoral. Quero que o ludovicense tenha orgulho de dizer eu moro em São Luís”, esclareceu Eliziane.

Os moradores falaram sobre os problemas no transporte, educação e infraestrutura dos bairros da região. Uma das grandes preocupações apresentadas foi com a situação de abandono das escolas.

“Não adianta enviar as crianças para a escola se lá for um ambiente sujo e de cadeiras quebradas. É preciso resgatar a educação e a escola digna. Se a senhora for prefeita e fizer isto, será uma benção para as famílias”, disse a moradora Sônia à deputada.

Os problemas de acessibilidade também foram pautados pela moradora do Cohatrac, a jornalista Azenate Sousa, que é cadeirante. Ela falou sobre os desafios que as pessoas com deficiências enfrentam em São Luís.

O policial militar Luís Carlos questionou sobre as propostas do PPS para a Guarda-Municipal, e que ela pode ser um ótimo instrumento no combate à violência.

Uma comitiva de auditores fiscais do município de São Luís participou do evento e entregou à deputada Eliziane um documento propondo a inclusão de projeto de arrecadação responsável no programa de governo do PPS. “Queremos que o município arrecade dignamente e isto seja revestido em benefício para a população”, esclareceu o auditor fiscal Raimundo Belém.

A deputada respondeu todos os questionamentos dos moradores. Ela destacou a necessidade de atendimento digno das pessoas com deficiência, e falou sobre a obrigatoriedade de acessibilidade nos prédios e espaços públicos, além da estrutura e pessoal adequado para atendimento. “O poder público existe para trabalhar pelas minorias. A gestão municipal precisa pensar em ações que atendam a pessoa com deficiência”, enfatizou.

Sobre o combate a violência, Eliziane disse que os espaços públicos precisam ser revitalizados e ocupados. Ela citou como exemplo a cidade de Vitória-ES que com estas medidas reduziu em 50% os índices de violência.

Eliziane disse ainda que todas as propostas do programa de governo do PPS serão compatíveis com o orçamento da cidade.

“Eu acredito que é possível estar presente nos bairros. Aprendi a fazer política ouvindo a população. Quero dizer que criança e adolescente serão prioridade absoluta em um governo do PPS. Não mediremos esforços para investir na educação”, completou.

Nesta segunda-feira, o PPS realiza ação no Bairro Santa Cruz e na terça estará no Bairro do Anil.