terça-feira, 7 de junho de 2016

Sarney se diz perplexo com pedido de Janot ao STF

 O ex-presidente da República, José Sarney (PMDB-AP), se posicionou há pouco por meio de nota oficial sobre o pedido de prisão feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Sarney se disse perplexo com a situação.
O caso ainda será julgado pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Julguei que tivesse o respeito de autoridades do porte do procurador-geral da República”, destaca trecho da nota.
Acima, o pronunciamento na íntegra, de Sarney.