segunda-feira, 27 de junho de 2016

PMDB segue rachado e indefinido em São Luís

pmdbAs últimas declarações do deputado estadual Roberto Costa, atualmente dirigente municipal do PMDB em Bacabal, porém, ainda respondendo pelas majoritárias em São Luís em entrevista ao O Estado, repercutida pelo Blog (reveja), levantaram duras críticas contra o parlamentar.
A postura do deputado não tem agradado alguns colegas. Roberto Costa é visto com atitudes dúbias, não cumpre o que diz, está fora da direção do partido em São Luís, desrespeita as lideranças e por isso não teria autoridade para dar “pitaco” sobre a candidatura do PMDB na capital ou possível coligação, é o que pensam alguns peemedebistas, reproduzidos na reportagem desta segunda-feira (27), no jornal O Estado do Maranhão.
Entre as críticas está a promessa de realizar prévias, o que nunca aconteceu em São Luís, medida que poderia mudar completamente a decisão entre os pré-candidatos Fábio Câmara e Andrea Murad, sendo a deputada a opção mais viável, com fortes possibilidades de competitividade e ainda apoiando Fábio com uma chapa forte para a Câmara Municipal. Sem dúvida, nesta posição o PMDB terá mais resultados, conforme o Blog já destacou anteriormente (reveja). Posicionamentos já defendidos pelo deputado federal Hildo Rocha e o senador Lobão Filho.
As declarações de Roberto Costa acabam indo de encontro ao ex-candidato do Governo do Maranhão, Lobão Filho, que acabou se sacrificando pelo partido nas últimas eleições. Para a ala que defende ferrenhamente a candidatura própria do PMDB em São Luís, os interesses individuais de alguns estão sendo colocados à frente dos interesses coletivos da legenda no Maranhão.
E assim segue o PMDB em São Luís, faltando aproximadamente três meses para a eleição municipal.