sexta-feira, 24 de junho de 2016

Justiça volta a negar liminar a Maranhão e mantém Fufuca no comando do PP

Blog Atual 7

A Justiça voltou a indeferir liminar, nesta sexta-feita 24, pleiteada pelo presidente interino da Câmara, deputado Waldir Maranhão, e negou-lhe o pedido para retornar ao comando do Diretório Estado do PP. Esta é a segunda vez que Maranhão tem seus planos frustados pela Justiça. A primeira ocorreu no final de abril último.
Maranhão perdeu o controle do partido depois de mudar de voto em relação ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).
O atual presidente estadual é o também deputado federal André Fufuca, que foi mantido no cargo.
O ATUAL7 apurou que a insistência do presidente interino da Câmara tem relação direta com o governador Flávio Dino (PCdoB), o deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA) e o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior. O quarteto tenta tomar o controle do PP para negar legenda ao deputado estadual e pré-candidato a prefeito da capital, Wellington do Curso, que já aparece em empate técnico com Edivaldo e Eliziane Gama.