domingo, 12 de junho de 2016

Fábio Câmara: “não sou covarde, vou ser candidato a prefeito de São Luís, mesmo que esteja sozinho”

BLOG DIEGO EMIR
fabio-camara-pre-candidato-prefeito-sao-luis-1260x540
O pré-candidato a prefeito de São Luís, Fábio Câmara (PMDB), reagiu duro em relação as tentativas do deputado estadual de Roberto Costa (PMDB) em tentar matar a candidatura peemedebista na capital maranhense, após o resultado da pesquisa encomendada pela Class Mídia/Revista Maranhão Hoje divulgada neste sábado (11). De acordo com o vereador, ele diz que será candidato mesmo que não tenha apoio de ninguém, seja de partido ou qualquer membro do PMDB.
“O que existe é preconceito, não querem aceitar que um negro, um zelador, uma pessoa que veio de baixo, dispute a Prefeitura de São Luís. Mas vou te dizer uma coisa: não sou covarde, vou ser candidato a prefeito de São Luís, mesmo que esteja sozinho”, declarou Fábio Câmara.
Fábio Câmara diz que não acredita que tenha apenas 2,6% e esteja empatado com o pré-candidato João Bentivi (PHS). “Tenho certeza que tenho mais de 7% e vou mostrar isso nas urnas, posso até não ganhar, mas vou decidir o segundo turno, chegarei num patamar de 10% a 12%”, declarou.
Informações de fontes próximas ao senador João Alberto dão conta que o presidente do PMDB estadual anunciou que caso Fábio Câmara não mostre viabilidade eleitoral, o partido pode optar por coligar com algumas das pré-candidaturas postas, inclusive com Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que seria o preferido pelo deputado estadual Roberto Costa.
Andréa Murad também pode voltar a ser uma opção do PMDB, afinal em carta aberta divulgada no último domingo (5), ela deixou claro: “Caso haja desistência, seja por qual for o motivo, da candidatura do vereador Fábio Câmara, estarei pronta para disputar a Prefeitura pelo PMDB…”
Fábio discorda da intenção de Roberto Costa e diz que não retira sua candidatura por nada, e caso o partido tente fazer isso vai acabar amargurando o ostracismo e o papel de linha auxiliar do governo Flávio Dino.