terça-feira, 3 de maio de 2016

Restaurante popular do Anjo da Guarda é reinaugurado em novo espaço



A manhã desta segunda foi especial para a comunidade do Anjo da Guarda. O governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, reinaugurou o restaurante popular do bairro, em localização bem mais adequada que o anterior, que ficava na Vila Ariri. Agora funcionando na Rua México, número 2 (ao lado da Caixa Econômica Federal), a nova unidade segue os mesmos padrões dos outros restaurantes em funcionamento na Cidade Olímpica, Maiobão, Vila Luisão, Liberdade, Coroadinho e São Francisco.
Para o secretário Neto Evangelista, gestor responsável pelo programa, a mudança foi realmente necessária. “Era uma questão de saúde pública. Não poderíamos manter um serviço de qualidade em um local sem as condições sanitárias adequadas”, afirmou o secretário. Neto Evangelista explicou ainda que o novo local levou em conta a possibilidade de acesso e foi escolhido após consulta com a população do bairro. “O Restaurante Popular do Anjo da Guarda agora está em um prédio maior, com instalações melhores, onde os usuários podem ter melhor uso”, esclareceu.
O governador Flávio Dino destacou as dimensões social e econômica que os restaurantes populares têm para os maranhenses. “Outra dimensão econômica é trabalhadores e trabalhadoras entregando alimento que foi produzido através de um caminho de estímulo a agricultura. Estamos expandindo essa rede articulada com a agricultura familiar”, ressaltou.
O novo restaurante do bairro do Anjo da Guarda funcionará das 11h às 14h30, fornecendo 1.110 refeições no almoço, e das 17h30 às 19h30, com 550 refeições no jantar, de segunda a sexta-feira. Neto Evangelista explicou que o Governo tem expandido o serviço de segurança alimentar com a oferta de jantar e com a interiorização dos restaurantes, que, pela primeira vez, estão sendo implantados no interior. “JÁ inauguramos Restaurantes Populares em Pedreiras e Lago da Pedra. No próximo sábado (07) vamos abrir os de Chapadinha e Zé Doca. Recebemos cinco em janeiro de 2015, e até outubro vamos ter 42 equipamentos de segurança alimentar”, frisou o secretário.
Usuários elogiam mudança de local
O autônomo Jorge Luís Batista foi um dos primeiros a se servir no novo Restaurante Popular do Anjo da Guarda. Usuário diário do antigo restaurante, ele disse que a mudança de local será benéfica para a população do bairro. “A comida estava ótima como sempre. Foi melhor porque ficou mais bem localizado, vai atender mais gente”, explicou.
A aposentada Maria Joana dos Santos utilizou o restaurante popular pela primeira vez e aprovou o sabor da comida. “Estava ótimo, eu gosto de comida assim com verdura e salada. Vou voltar muitas vezes”, declarou.