quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Flávio Dino inaugura mais uma obra iniciada no Governo Roseana

laercioO governador Flávio Dino e seus asseclas não suportam quando se diz que o atual Governo se limita a ações já iniciadas no Governo Roseana, mas contra fatos e registros, não existem argumentos.
O caso mais recente, pois não foi o primeiro, é a inauguração do Laboratório de Tecnologia Contra Lavagem de Dinheiro. A solenidade foi bastante festejada e contou com a presença do próprio governador Flávio Dino.
Ninguém discute a importância e o ganho para a Polícia Civil do Maranhão do Laboratório de Tecnologia Contra Lavagem de Dinheiro, mas o que causa estranheza é que o Governo Flávio Dino divulga o ato como se fosse iniciativa exclusiva da atual gestão.
Entretanto, a verdade dos fatos não é bem essa. Mantendo o compromisso com a verdade o Blog faz questão de relembrar que tudo começou no Governo Roseana Sarney, quando foi assinado o acordo de cooperação com o Ministério da Justiça (MJ), para a implementação do Laboratório de Tecnologia Contra Lavagem de Dinheiro.
A cerimônia de assinatura foi realizada na sede do MJ, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF), onde participaram o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo; o secretário Nacional de Justiça, Paulo Abrão; o secretário adjunto de Inteligência e Assuntos Estratégicos, Laércio Costa; a delegada geral da Polícia Civil, Maria Cristina Resende Meneses e o superintendente Estadual de Investigações Criminais, Augusto Barros (conforme foto acima).
“Viemos a Brasília materializar este convênio, que é extremamente importante para a Polícia Civil, e vem sendo discutido e trabalhando juntamente com o Governo Federal e os outros estados, objetivando o enfrentamento à corrupção e à lavagem de dinheiro e a troca de informações e de inteligência policial”, destacou à época o secretário adjunto da SSP.
Ou seja, mais uma vez o Governo Flávio Dino apenas concluiu algo iniciado no Governo Roseana, querendo ou não o governador e seus asseclas. Claro que Flávio Dino tem méritos por continuar a obra, mas não pode jamais negar que tudo foi iniciado na gestão Roseana Sarney.