quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

DETRAN/MA: Gestão Antônio Nunes descumpre decisão da Justiça do Trabalho

Se para quem pensou que os funcionários terceirizados do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão – DETRAN/MA – estavam quietos e conformados com o calote que estão recebendo do órgão, engana-se.
Já movimentados há tempos, os ex-funcionários, contratados pela Empresa Diplomata, estiveram na manhã desta terça feira, 15/12/, no Ministério Público do Trabalho, apoiados pela Força Sindical, para denunciar o próprio DETRAN, por ter descumprido decisão judicial, da 5° Vara do Trabalho que determinou em Liminar, que o Órgão depositasse na Caixa Econômica o FGTS dos seus ex-funcionários, que estão em litígio trabalhista com o Órgão.
20151215111642
Para surpresa geral dos trabalhadores demitidos, o diretor geral do DETRAN, Antônio Nunes, se nega a cumprir a decisão da Justiça e, portanto, não mandou efetuar o depósito do FGTS nas contas dos seus ex-funcionários terceirizados na Caixa Econômica. Por essa razão, os demitidos irão fazer Ato Público de Protesto, na próxima quinta-feira (17/12), a partir das 10 horas da manhã, na porta do Detran, com o apoio da Força Sindical. E, PASMEM, Antônio Nunes, além de ‘estar’ diretor de um dos maiores arrecadadores de dinheiro do estado, ainda é Advogado Trabalhista, ou seja, aquele que sabe de todos os direitos de A a Z do trabalhador. Mas, ao que parece, por causa da ‘coisa política e pública’, ele preferiu esconder essa parte e agir como um covarde e omissor do direito trabalhista.
Baseada em informações de Frazão Oliveira, presidente estadual da Força Sindical.