quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Deputado Júnior Verde é homenageado pelos Bombeiros e representa a Assembleia em concorrida cerimônia

IMG_0993O deputado estadual Júnior Verde (PRB) recebeu nesta terça (29) a Medalha Alferes Moraes Santos, comenda máxima concedida pelo Corpo de Bombeiros às personalidades civis e militares que prestaram relevantes serviços à corporação no ano de 2015. A solenidade, bastante prestigiada, foi realizada no Centro de Convenções Multicenter Sebrae. Júnior Verde foi único dos parlamentares agraciados a participar da cerimônia.  
“Divido essa homenagem com todos os maranhenses. Para eles, temos dedicado nosso trabalho. Em 2015, lutamos em defesa de causas legítimas e sociais, e é assim que continuaremos em 2016”, agradeceu Júnior Verde, que é presidente da Frente Parlamentar de Segurança Pública e Privada da Assembleia e teve atuação de destaque em projetos que fortalecem a Segurança no Maranhão. 
O parlamentar teve papel decisivo na aprovação da Lei de Organização Básica (LOB) dos Bombeiros; lutou através de Indicações pela nomeação dos aprovados no concurso da Segurança Pública de 2012; buscou a ampliação do Corpo de Bombeiros através da construção de novas unidades em diversos municípios maranhenses; foi um dos interlocutores que buscaram as negociações entre os Policiais Civis e Governo do Estado; está regulamentando os Conselhos de Segurança nos bairros; entre outros. 
Do Legislativo Estadual, também integraram a lista de agraciados o presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho (PDT), os deputados Rogério Cafeteira (PSC), Professor Marco Aurélio (PC do B), Vinicius Louro (PR) e Rigo Teles (PV), além dos diretores Carlos Alberto Ferreira (Comunicação), Bráulio Martins (Mesa Diretora) e Adalgisa Moraes (Recursos Humanos). 
A medalha Alferes Moraes Santos foi instituída por meio do Decreto Estadual nº 18.430, de 03 de dezembro de 2001, com o objetivo de reconhecer dos relevantes serviços prestados por pessoas e/ou entidades ao CBMA. A comenda constitui-se numa reverência ao Alferes Aníbal de Moraes Santos, primeiro Comandante da então Seção de Bombeiros, criada pelo Decreto Estadual nº 32, de 10 de Dezembro de 1903, encarregada dos serviços de Extinção de Incêndios, que foi a instituição precursora do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão.