domingo, 1 de novembro de 2015

Sindicato dos Jornalistas emite Nota de Repúdio ao prefeito de Buriti Bravo


cidpereiraO Sindicato dos Jornalistas do Maranhão, o jornalista Douglas Cunha, emitiu Nota de Repúdio as declarações dadas pelo prefeito de Buriti Bravo, Cid Costa, que durante a I Marcha Municipalista organizada pela FAMEM, teve a cara de pau de sugerir um ‘controle da imprensa’ (reveja).
Cid Costa ainda tentou, na sexta-feira (30), justificar as bobagens ditas no dia anterior, mas muito confuso nas palavras não conseguiu dizer se retirava o que disse e se desculpava ou mantinha o que havia dito. Na parte da tarde, durante o programa Abrindo o Verbo da Rádio Mirante AM, o prefeito tomou uma “enquadrada” daquelas do apresentador do programa, o radialista Geraldo Castro. Veja abaixo a Nota de Repúdio.
“Manifestamos nosso repúdio à conduta antidemocrática do prefeito do município Buriti Bravo, senhor Cid Costa, que durante um conclave da entidade representativa das Prefeituras Municipais do Maranhão, destilou o seu ódio, manifesto ranço dos anos de chumbo vividos pela sociedade brasileira, contra os profissionais da imprensa maranhense, ensejando o seu desejo da volta da censura ao trabalho da Comunicação com o controle da liberdade de expressão e, consequentemente, cerceamento da informação à população, certamente incomodado com as denúncias efetivamente feitas pela imprensa local e nacional, de atos de improbidade praticados por prefeitos inescrupulosos e corruptos.
Entendemos que o senhor Cid Costa, movido pelo espírito de corpo e solidário com estes elementos nocivos, fez uma manifestação inconseqüente e leviana, digna de repúdio dos jornalistas maranhenses e da sociedade em geral.
Douglas Cunha
Presidente”