quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Câmara debate regulamentação do transporte alternativo

Astro de Ogum vai dialogar com setores envolvidos
Astro de Ogum vai dialogar com setores envolvidos
A concessão de uma permissão precária por parte da Prefeitura de São Luis, até que seja regulamentado o funcionamento do transporte alternativo na capital maranhense, pode ser a solução para os representantes da categoria, que, na manhã desta terça-feira (25), estiveram reunidos com o presidente da Câmara Municipal, Astro de Ogum (PR), e uma dúzia vereadores, em busca de uma solução e exigindo a imediata votação do projeto de licitação para o sistema de licitação do transporte coletivo, que já se encontra no Legislativo Ludovicense.
Representantes do sistema de moto-táxi, de táxi-lotação e do transporte alternativo (vans), ocuparam o plenário da Câmara logo após o encerramento da sessão, que era presidida pelo vereador Francisco Carvalho (PSL), e de forma exaltada, passaram a exigir rapidez na votação do projeto. Os ânimos estiveram exaltados, mas minutos depois houve a calmaria e uma reunião no gabinete do presidente Astro de Ogum.
Charles Silva, que preside o Sindicato do Táxi-Lotação, lembrou que a Câmara já aprovou a liberação de 180 permissões para o funcionamento daquele tipo de transportes, sem que a Prefeitura tenha feito a liberação das placas, através da SMTT.
Gabriel Araújo, que preside o Sindicato do Transporte Alternativo no Maranhão, afirmou que a Assembleia aprovou permissão precária pelo prazo de cinco anos, mas falta a mesma liberação para São Luis.
“O que queremos é a oportunidade de trabalharmos despreocupados. A licitação do transporte coletivo não nos contempla. É necessária uma medida que nos deixa atuar sem sermos prejudicados”, afirmou Charles Silva. Já o dirigente do Sindicato de Moto-Táxi, Jean Barroso, assinalou que a categoria também necessita de uma regulamentação.
Emenda ao projeto
A vereadora Rose Sales (PV), destacou que irá apresentar emenda ao projeto de licitação do transporte coletivo. O vereador Barbosa Lages (PDT), afirmou conhecer todos os problemas relativos aos que atuam no Táxi-Lotação, principalmente no eixo Itaqui-Bacanga.
Ao final do encontro, o vereador Astro de Ogum revelou que voltará a conversar com as três categorias, ainda nesta sexta-feira, (27), para apresentar uma solução para o impasse.
Participaram da reunião os seguintes vereadores: Astro de Ogum (PR), Francisco Carvalho (PSL), Armando Costa (PSDC), Bárbara Soeiro (PMN), Chaguinhas (PSB), Edmilson Jansen (PTC), Nato (PRP), Luciana Mendes (PT do B), Manoel Rego (PT do B), Marlon Garcia (PT do B), Pavão Filho (PDT) e Barbosa Lages (PDT).
De autoria da vereadora Luciana Mendes, há um projeto tramitando no Legislativo Municipal, que trata sobre a regulamentação do transporte alternativo na cidade.