quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Cursos do IFMA conquistam 4 estrelas no Guia do Estudante



Publicação da Editora Abril reconheceu a qualidade dos cursos de Engenharia Elétrica e Sistemas de Informação

Aliando ensino, pesquisa e extensão, os cursos superiores do Instituto Federal do Maranhão vêm se destacando pela qualidade na formação universitária. Reconhecendo esse destaque, o Guia do Estudante, da Editora Abril, avaliou com quatro estrelas os cursos de Engenharia Elétrica e Sistemas de Informação do Campus São Luís – Monte Castelo.

Engenharia Elétrica Industrial
O curso – Instituído em 1997, o curso é ligado ao Departamento de Eletroeletrônica e possui 16 professores (11 doutores e 5 mestres) e 266 alunos matriculados. Ao longo da graduação, o estudante desenvolve competências relacionadas com a projeção e o planejamento de sistemas e equipamentos elétrico/eletrônicos, bem como coordena empreendimentos e estuda os processos dessa área. “O destaque alcançado vem do empenho dos docentes e discentes em manter o curso com o melhor nível. Nossa preocupação é garantir sempre a qualidade no profissional formado pelo IFMA”, ressalta o coordenador do curso, Orlando Filho.
Pesquisa e inovação – Na área de pesquisa, o curso vem desenvolvendo várias ideias inovadoras. Entre elas, um sistema de reconhecimento de voz, que poderá ser utilizado para acionar uma cadeira de rodas elétrica por comandos de voz, bem como para digitação automática de textos, possibilitando o uso do computador por pessoas com limitações para digitar.
Outra inovação é o “nariz eletrônico”. Desenvolvido em parceria com o Departamento Acadêmico de Química, o dispositivo é usado para o reconhecimento de odores, ajudando a identificar se o leite está adulterado ou para atestar a qualidade do biodiesel. Integrante do Grupo de Pesquisa em Sistemas Embarcados, a estudante Franciele Lima relata a importância da pesquisa em sua formação. “A pesquisa tem o poder de nos tornar mais críticos em relação a tudo o que está ao nosso redor, de como podemos aplicar melhoramentos ou desenvolver novas tecnologias que auxiliem o ser humano e facilitem processos”, reflete.
  

Sistemas de Informação
O curso – Iniciou suas atividades no primeiro semestre de 2008 e, atualmente, conta com 20 professores (11 doutores, 7 mestres e 2 especialistas) e 234 alunos matriculados. O profissional egresso do curso implementa de modo eficiente a Tecnologia da Informação (TI) no âmbito organizacional, identificando as necessidades do usuário e oferecendo soluções adequadas a seus problemas. Para tanto, o aluno aprende durante a graduação os fundamentos da TI, tais como: lógica e linguagens de programação, estrutura de dados, redes de computadores, bancos de dados e engenharia de software.
“Além da constante busca pela melhoria da qualidade em sala de aula, através do uso de novas estratégias no processo ensino-aprendizagem, trabalhamos com atividades de pesquisa e extensão”, pontua a coordenadora do curso, Jeane Ferreira.
Ações de extensão – Um dos projetos de extensão do curso é o CoEdificando: Pensamento Computacional no Ensino Fundamental e Médio do Estado do Maranhão. Em parceria com o Centro Integrado do Rio Anil (Cintra), está sendo oferecido um curso de Lógica de Programação para 30 alunos do 9º ano, com atividades teóricas e práticas, que mostram como o pensamento computacional está presente no dia a dia. “O curso é uma ótima escolha para quem pensa em inovar e transformar a vida de pessoas criando, facilitando ou modificando o uso de ferramentas tecnológicas”, afirma a estudante Francinette Borges, bolsista do projeto. Ela acredita que a participação no CoEdificando tem proporcionado muitos ganhos para a sua vida acadêmica. “O projeto trabalha com o ensino de forma lúdica e criativa dos conceitos de lógica de programação para crianças e adolescentes de escolas públicas, que em sua maioria nunca tiveram um contato maior com o computador ou qualquer outra tecnologia e, se tiveram, não ultrapassou os limites do acesso a jogos e às mídias sociais”.

Saiba mais
Guia do Estudante Profissões Vestibular é uma publicação da Editora Abril que lista a relação de todas as faculdades do país (espalhadas em 983 cidades) e a avaliação de mais de 10 mil cursos superiores, com estrelas que indicam aqueles com melhor qualidade em cada carreira. A edição 2016 passa a ser vendida nas bancas a partir de hoje (9).