sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Com time completo, Léo Condé exalta recuperação do elenco do Sampaio

Técnico do Sampaio, Léo Condé, diz que trabalho com Henrique e Felipe deve ser cauteloso (Foto: Sampaio / Divulgação)Léo Condé poderá contar com o time completo contra o Paysandu (Foto: Sampaio / Divulgação)
Após uma semana de treinos fechados e poucas entrevistas, o Sampaio praticamente finalizou a preparação para o confronto contra o Paysandu. Após o treino desta quinta-feira, o técnico Léo Condé comemorou principalmente o retorno dos jogadores lesionados, que era o caso dos atacantes Henrique, Pimentinha e Edgar.

- Foi uma semana proveitosa. Tivemos o retorno de quase todos os atletas. Era algo que tínhamos que administrar, com as ausências dos atletas, por causa de lesão ou suspensão. Agora nesse momento temos todos os atletas disponíveis e conseguimos trabalhar bem o aspecto técnico e tático.

Além disso, o meia Válber e o lateral-esquerdo Raí também poderão enfrentar o Paysandu, após ficarem fora do último jogo. Com todo o elenco à disposição, o treinador analisa as possibilidade de escalação e aponta o esquema utilizado contra o Boa Esporte, como possibilidade que podem ser adotadas contra o Paysandu.

- Temos uma espinha dorsal bem definida. Aproveitei os treinamentos para trabalhar algumas variações. Tenho uma base, mas temos alternativas. Um exemplo contra o Boa Esporte, onde iniciamos no 4-2-3-1, o time não estava encaixando e passamos a atuar com um losango no meio-campo. O Léo Salino ficou mais fixo, com o Diones fazendo o corredor direito e o Alex Maranhão esquerda, com o Nádson mais solto e o Vanger como segundo atacante. É uma opção que trabalhamos e que podemos iniciar, ou até usar durante a partida.

Com estas possibilidades, a tendência é que Raí, Válber e Edgar retornem ao time titular. A escalação deve ser composta com Rodrigo; Daniel Damião, Luíz Otávio, Plínio e Raí; Léo Salino, Diones, Nádson e Válber; Edgar e Jheimy. O confronto contra o Paysandu será realizado no sábado, às 17h30 (de Brasília), no Castelão.