sábado, 17 de outubro de 2015

A quem interessa a queda de Batista Matos?

Secretário Municipal de Comunicação, Batista Matos
Secretário Municipal de Comunicação, Batista Matos

De repente o secretário de Comunicação da Prefeitura de São Luis, Batista Matos, virou alvo de ataques dos mais diversos setores da blogosfera local.
Ocorre que a artilharia contra o chefe da Secom municipal contém muita pólvora amiga.
Mas, a quem interessa a queda do secretário Batista Matos?
Em primeiro lugar, a própria indicação de Matos para o cargo causou muita contrariedade a alguns jornalistas que orbitam em torno do prefeito Edivaldo desde a sua campanha de 2012. Até hoje essa gente não engole a nomeação do “negrão” o posto de secretário de Comunicação.
Em segundo lugar, os contrariados torcem, e até conspiraram, para que o trabalho de Batista Matos não tenha resultado positivo a ponto de agradar Edivaldo. Mas, para o azar deles, dos contrariados, o trabalho do secretário não só agrada o prefeito como hoje é um dos auxiliares mais próximos do chefe do executivo da capital.
Batista Matos conseguiu tirar Edivaldo do enclausuramento do gabinete e colocá-lo nas ruas, em contato com o povo através do “Todos por São Luis”, uma inciativa idealizada, coordenada e executada pela Secom.
Em terceiro lugar, há de reconhecer-se a capacidade e habilidade pessoais de Batista Matos de transitar com desenvoltura por todos os veículos da cidade, o que é de fundamental importância para quem ocupa o posto de secretário de Comunicação.
Do Jornal Pequeno ao Sistema Mirante passando pela TV Guará e os mais diferentes blogs, Batista Matos dialoga com todos de forma democrática e republicana. Mas, claro, há veículos de mais para recurso financeiro de menos, o que acaba por dificultar o trabalho da Secom, pois, como o Blog do Robert Lobato já disse aqui, parece que comunicação nunca foi prioridade na gestão Edivaldo.
Em quarto lugar, toda essa crise que tem exposto Batista Matos à execração pública é mais de ordem pecuniária, já que o atraso no pagamento dos prestadores de serviços (TV’s, rádios, jornais, blogs etc) são constantes e insuportáveis. Tivesse a prefeitura em dia com os parceiros, jamais essa crise teria ganhado a dimensão que ganhou e os invejosos e conspiradores estariam recolhidos a sua insignificância.
Por fim, Batista Matos deve se preservar e conter o impulso de responder publicamente aos ataques que tem sofrido de adversário explícitos, ocultos e de alguns inocentes úteis que acabam fazendo o jogo dos algozes do secretário de Comunicação de São Luis.
É isso.