sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Rodoviários e empresários do transporte se reunirão segunda-feira em busca de conciliação para evitar greve

Desembargador Gerson de Oliveira vai tentar mediar conflito entre patrões e empregados
O desembargador Gerson de Oliveira, do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (TRT-MA), determinou, nesta quinta-feira (13/12), a realização, no dia 17/12, às 9h, em seu Gabinete, de uma audiência conciliatória com as partes envolvidas no movimento grevista anunciado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário no Estado do Maranhão (STTREMA) para acontecer na próxima segunda-feira (17/12), à 00h00. Em virtude de a greve pretender iniciar antes, portanto, do horário marcado para a audiência de conciliação, o desembargador, por cautela, determinou a suspensão de qualquer paralisação no período que antecede à realização da audiência conciliatória.
A suspensão temporária do movimento grevista foi motivada pelo fato de o desembargador Gerson de Oliveira entender a importância e a relevância do tema objeto da ação em apreço, uma vez que o transporte público é serviço essencial para a comunidade.
Essa determinação não está relacionada a qualquer decisão preliminar, pois o mérito da ação ainda não foi analisado. A audiência conciliatória confirmada para a próxima segunda-feira visa a, justamente, que as partes cheguem a um consenso e evitem maiores prejuízos à população.
A decisão do magistrado foi proferida por meio de despacho na Ação Declaratória cumulada com Obrigação de Fazer e Não Fazer, com pedido de tutela de urgência antecedente inautida altera pars, ajuizada pelo Município de São Luís em desfavor do STTREMA, do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), do Consócio Central Ltda, do Consórcio Via SL Ltda, do Consórcio Upaon Açu Ltda e da Viação Primor Ltda.
As partes já foram notificadas e o Ministério Público do Trabalho do Maranhão (MPT-MA), oficiado.
Fonte: Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MA)

Sexta etapa do Maranhense de Beach Soccer chega às semifinais



A sexta etapa do Campeonato Maranhense de Beach Soccer, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, chega à sua reta final. Apenas quatro seleções seguem com chances de conquistar o título e as duas vagas para a fase final do torneio. São elas: Tutoia, Água Doce, Paulino Neves e Santana do Maranhão.

Na noite desta sexta-feira (14), a Arena Manuel Zuzu, montada na Praia da Barra, na cidade de Tutoia, será palco das semifinais masculinas a partir das 19h. Os confrontos desta fase serão os seguintes: Água Doce x Paulino Neves e Tutoia x Santana do Maranhão.

Por terem tido as melhores campanhas na fase de grupos, as seleções de Água Doce e Tutoia têm o favoritismo nestas semifinais. Vale lembrar que as equipes que se classificarem para a final da seletiva, já estarão garantidas na fase final do Campeonato Maranhense, que ocorrerá em janeiro de 2019.

Após a realização de cinco etapas, dez seleções já estão classificadas para a fase final do Campeonato Maranhense de Beach Soccer: São Luís, Paço do Lumiar, Pinheiro, Santa Helena, Parnarama, Matões, Trizidela do Vale, Lima Campos, Barreirinhas e Santo Amaro.

No site da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. Vale lembrar que os jogos estão sendo transmitidos ao vivo pela internet. O Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e conta com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Beach Soccer feminino  

O Campeonato Maranhense de Beach Soccer Feminino também entra em sua reta decisiva. Nesta sexta-feira (14), ocorrerão as semifinais do torneio, que está sendo sediado na cidade de Tutoia. Favoritas à conquista do título, a seleção da casa se garantiu nas semifinais com 100% de aproveitamento ao vencer Paulino Neves por 4 a 2 na última rodada.

As tutoienses vão agora encarar Santana do Maranhão por um lugar na grande decisão. Na outra semifinal, Paulino Neves e Santo Amaro vão estar frente a frente. As seleções venceras destes confrontos fazem a final do Estadual neste sábado (15).  

TABELA E RESULTADOS
TERÇA-FEIRA (11.12)
Paulino Neves 10 x 3 Caxias (feminino)
Água Doce 3 x 2 Araioses (masculino)
Santana do Maranhão 5 x 6 Santo Amaro (feminino)
Tutoia 6 x 2 Barreirinhas (feminino)
Tutoia 4 x 2 Santana do Maranhão (masculino)

QUARTA-FEIRA (12.12)
Paulino Neves 5 x 1 Barreirinhas (feminino)
Paulino Neves 5 x 3 Araioses (masculino)
Brejo 5 (1 pen.) x 5 (3 pen.) Santana do Maranhão (feminino)
Tutoia 8 x 0 Caxias (feminino)
 Brejo 3 x 5 Santana do Maranhão (masculino)

QUINTA-FEIRA (13.12)
Caxias 0 x 1 Barreirinhas (feminino)
Paulino Neves 4 (1 pen.) x 4 (3 pen.) Água Doce (masculino)
Brejo 4 x 7 Santo Amaro (feminino)
Tutoia 4 x 2 Paulino Neves (feminino)
Tutoia 7 x 4 Brejo (masculino)

SEXTA-FEIRA (14.12)
19h – Paulino Neves x Santo Amaro (feminino / semifinal 1)
A seguir – Água Doce x Paulino Neves (masculino / semifinal 1)
A seguir – Tutoia x Santana do Maranhão (feminino / semifinal 2)
A seguir – Tutoia x Santana do Maranhão (masculino / semifinal 2)

Drª Thaíza tem contas de campanha aprovadas pelo TRE-MA

A deputada eleita Drª Thaíza ao lado do governador Fávio Dino durante a campanha
O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão aprovou na tarde desta quinta-feira (13) a prestação de contas de campanha eleitoral de 2018 da Drª Thaíza de Aguiar Hortegal.
A médica pediatra foi eleita nas eleições de outubro com mais de 50 mil votos e foi votada  em mais de 90% dos municípios do Estado. Ela foi a sétima candidata mais mais votada.
“O resultado da apreciação das nossas contas não é surpresa mas a notícia nos enche de satisfação; fizemos uma campanha séria e limpa; e é dessa forma que vamos exercer o mandato escolhido pelo povo querido do nosso Maranhão”,  disse a deputada eleita Dra. Thaíza.

Umbelino Junior visita obras do complexo Deodoro e constata execução de requerimento



O vereador Umbelino Junior (PPS), visitou na manhã de quinta-feira (13), 
as obras de reforma das Praças Deodoro, Pantheon e a Praça Dom Pedro II 
que foi revitalizada recentemente. O objetivo da visita é verificar a 
segurança nesses locais. Recentemente, o parlamentar apresentou na 
Câmara de São Luís, o requerimento Nº 407/18 solicitando a presença da 
guarda municipal nos espaços públicos que estão passando por reforma. A 
Praça Dom Pedro II, por exemplo, foi entregue em setembro deste ano, mas 
em poucas semanas o espaço foi alvo de vândalos.
Na Câmara, o requerimento foi aprovado e enviado ao Executivo Municipal 
que atendeu a solicitação do parlamentar. “Decidimos visitar os pontos 
que estão sendo revitalizados para verificarmos a segurança nestes 
espaços. As praças estão com uma nova paisagem e contam com acervos 
importantes da nossa história, como na Praça Pantheon, onde os bustos 
com personalidades maranhenses voltaram ao local. Infelizmente, muitos 
vândalos tentam acabar com o espaço público, mas a presença da guarda 
municipal nos passa uma segurança que o nosso patrimônio está sendo 
preservado e também transmite uma sensação de segurança para quem 
frequenta os espaços”, declarou Umbelino.
A previsão é que as Praças Deodoro e Pantheon sejam inauguradas no dia 
18 deste mês. Os locais receberam serviços na parte urbanística e 
estrutural, com colocação de grama, piso em concreto lapidado e de 
granito na área central, a instalação de novos bancos, lixeiras, nova 
iluminação, além de outros serviços.
“Essas obras do governo federal vem num momento muito importante para 
nossa cidade. É um alto investimento, um momento histórico, não podemos 
deixar que vândalos acabem com o nosso patrimônio, por isso apresentamos 
essa sugestão. Acredito que também que cada um de nós devemos fazer a 
nossa parte para preservarmos a nossa história”, afirmou o parlamentar.

Secretário de Segurança diz que milicianos mataram Marielle Franco por causa de terras

Reprodução/facebook
O secretário de Segurança Pública do Rio, general Richard Nunes, afirmou, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo, que a vereadora Marielle Franco (PSOL) foi morta por milicianos que acreditavam que ela poderia atrapalhar negócios de grilagem de terras na Zona Oeste do Rio.
Nesta sexta-feira (14), as mortes da vereadora e do motorista Anderson Gomes, executados no centro do Rio, completam nove meses.
“Ela estava lidando em determinada área do Rio controlada por milicianos, onde interesses econômicos de toda ordem são colocados em jogo. No momento em que determinada liderança política, membro do legislativo, começa a questionar as relações que se estabelecem naquela comunidade, afeta os interesses daqueles grupos criminosos. É nesse ponto que a gente precisa chegar, provar essa tese, que está muito sólida. O que leva ao assassinato da vereadora e do motorista é essa percepção de que ela colocaria em risco naquelas áreas os interesses desses grupos criminosos”, afirmou Nunes ao Estadão. 
De acordo com o general, o crime já estava sendo planejado desde o final de 2017, antes de o Rio de Janeiro passar pela intervenção federal na segurança.
Na quinta (13), a Polícia Civil fez uma operação em dois estados para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão relacionados aos crimes.
Os policiais estiveram em 15 endereços, inclusive fora do estado, como em Juiz de Fora (MG). Os mandados fazem parte de um inquérito à parte, mas, de acordo com o delegado Giniton Lages, que está à frente das investigações, todos têm ligação com os assassinatos. 

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Edivaldo anuncia para o dia 20 o pagamento da 2ª parcela do 13º salário

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) anunciou nesta quarta-feira (12), em suas redes sociais, a data do pagamento da segunda parcela do 13º salário, que estará na conta dos servidores municipais no dia 20 deste mês. O pedetista já havia antecipado no mês de julho a primeira parcela, mesmo com a opção de pagar integralmente o valor apenas no fim do ano.
“Fico muito feliz que a nossa gestão, mesmo neste cenário de crise nacional, esteja cumprindo com rigor mais esse compromisso. O pagamento do salário em dia valoriza o servidor e aquece ainda mais a economia da capital neste período de festividades”, publicou o prefeito em seus perfis nas redes sociais.
A antecipação da primeira parcela em julho e o pagamento em dia da segunda neste mês de dezembro demonstra mais uma vez o compromisso do prefeito Edivaldo com o servidor municipal, uma das marcas da sua gestão, que encerra o ano sem ter tido qualquer atraso nos salários, tendo inclusive na maioria dos meses adiantado o dinheiro nas contas dos funcionários públicos.
A gestão do prefeito Edivaldo está na contramão de outras cidades e estados que não conseguiram honrar os seus compromissos salariais, sobretudo por causa da queda progressiva dos repasses federais, resultado da crise em que vive o país. É o caso das Prefeituras de Natal, Aracaju e Maceió (sem previsão de pagamento até o momento) e a do Rio de Janeiro (ainda vai pagar a primeira parcela do benefício).
Com a administração responsável e planejada, o pedetista se destaca entre os gestores que conseguiram manter as contas em dia. Mesmo isso sendo uma obrigação das gestões públicas, diante do cenário em que vive o país, o feito merece ser evidenciado, ainda mais neste período de fim de ano, em que se espera uma economia aquecida e seguindo em curva ascendente.

Hospital Socorrão I pode entrar em colapso financeiro em 2019



Se a situação já está ruim, pode piorar ainda mais. Isso porque o Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão I, referência de urgência e emergência em São Luís, vai ter uma redução de custo da ordem de R$ 7,8 milhões para 2019. 

A preocupação com a drástica redução de verba vai passar pela discussão da Câmara Municipal de São Luís, que irá votar, na próxima semana, o orçamento da capital para o ano que vem, antes do recesso parlamentar de fim de ano.

Pela previsão orçamentária encaminhada ao Legislativo, o Socorrão I teve em 2018 a quantia de R$ 117.559.863,29, tendo caído para R$ 109.695.003,05, previsto para o ano que vem.#Estamos de Olho!

Em entrevista nesta quinta-feira, 13, por telefone, ao jornalista Roberto Fernandes, na Rádio Mirante AM, o secretário municipal de Saúde, Lula Filho, disse que se houver a necessidade de mais verba, haverá remanejamento orçamentário para cobrir a demanda financeira no Socorrão I.