BANNER

BANNER
AGORA É LEI

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Deputada Dra. Thaiza Hortegal faz indicações para recuperação de estradas e ponte no Maranhão



Recuperação de estradas, ponte e fiscalizações foram temas das primeiras indicações da deputada Dra. Thaiza Hortegal (PP). Além do pedido sobre a presença da equipe técnica do Governo do Estado na barragem em Pinheiro, a parlamentar protocolou indicação solicitando ao superintendente do DNIT no Maranhão, Gerardo Fernandes, a recuperação da BR-222, principalmente no trecho entre as cidades de Chapadinha e Vargem Grande.
À Sinfra, Secretaria de Estado de Infraestrutura, Dra. Thaiza pediu a recuperação da MA-014 e vistoria e reforma urgente na ponte José Sarney, em Santa Helena (MA). A deputada recebeu diversas reclamações de lideranças e moradores sobre a estrutura da ponte José Sarney, onde, segundo depoimentos, se encontra instável e precisa de reparos urgentes.
“A MA-014 está em situação precária e prejudica o escoamento da produção e outras atividades econômicas da região que liga o Mearim ao Baixo Parnaíba. Pedi também à Sinfra, além de fiscalização, reparos e manutenção da ponte José Sarney, a pavimentação asfáltica da mesma. Trata-se de uma estrutura com mais de 30 anos que não recebe reparos e a situação merece urgência”, disse a deputada.

Bolsonaro diz que pacote anticrime de Moro irá ao Congresso na terça (19)

Pacote Moro 

O presidente Jair Bolsonaro anunciou por meio de seu Twitter oficial, na manhã desde sábado (16), que o governo enviará o projeto de lei anticrime na próxima terça-feira (19) ao Congresso Nacional. O projeto foi apresentado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, no dia 4 de fevereiro.
O projeto, segundo Bolsonaro resumiu em sua mensagem na rede social, “visa endurecer as penas contra assassinos, líderes de gangues e corruptos”. O texto promove alterações em 14 leis, que vão desde o Código Penal (CP) e o Código Processual Penal (CPP) até legislações pouco conhecidas, que tratam de temas como identificação de investigados e recompensas a cidadãos que oferecem denúncias. A proposta terá que passar primeiro pela Câmara e depois pelo Senado para ser aprovada.
Moro já tem articulado a aprovação do projeto na Câmara, Casa na qual o texto começará a tramitar. O ministro teve um encontro com parlamentares, organizado pela chamada “bancada da bala”, e expôs, ponto a ponto, as mudanças que o projeto pretende implementar. Alguns parlamentares já anunciaram, inclusive, ideias para endurecer o pacote.
Entre as principais críticas ao projeto está uma mudança prevista no artigo 25 do Código Penal, que trata do conceito de legítima defesa. Pela ideia de Moro, policiais em situação de conflito estão automaticamente contemplados na situação de legítima defesa.
Parlamentares da oposição e entidades da sociedade civil alertam que a alteração pode aumentar a letalidade das forças de segurança pública, o que Moro nega. “Nós não estamos ampliando a legítima defesa. Nós só estamos deixando claro na legislação que determinadas situações que se verificam no cotidiano caracterizam legítima defesa”, defendeu o ministro ao apresentar o projeto, no início do mês.

Novos secretários de governo tomam posse quinta-feira


Está marcada para a próxima quinta-feira (21) a posse da nova equipe do governo Flávio Dino.
A data é um indicativo de que o governador deve anunciar, até quarta-feira, todas as mudanças que ocorrerão na reforma administrativa em seu segundo mandato.
Até o momento, foram confirmados Rodrigo Lago (Comunicação e Articulação Política), Rogério Cafeteira (Esportes), Fabíola Ewerton (Aged), Rubens Júnior (Cidades), Flávia Alexandrina (Gestão e Previdência) e Lilian Guimarães (Transparência).
A maioria dos atuais secretários deve ser mantida pelo governo. De acordo com Flávio Dino, “em time que está ganhando se faz poucas mexidas”

“A principal pauta precisa ser a geração de empregos”, afirma Weverton



O governo federal anunciou que enviará nas próximas semanas uma proposta de reforma da Previdência ao parlamento, com o objetivo de equilibrar as contas públicas. Também anunciou que está tentando costurar um pacote de medidas para combater o crime e a corrupção, que é de fato um tema importante.
Mas passados um mês e meio da sua posse, o presidente ainda não respondeu à principal pergunta do povo brasileiro: o que será feito para reaquecer a economia e gerar novos empregos.
A Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou recentemente estudo que aponta uma recuperação lenta da taxa de empregos no Brasil. A perspectiva é que o nosso país chegue ao final de 2020 com o índice de desemprego ainda na casa dos 11%, ou seja, ligeiramente menor que o atual 12,3%. Isso é praticamente o dobro da taxa mundial.
Falando assim, em taxas, já parece assombroso. Mas gosto lembrar que por trás dos números há pessoas de verdade. Há 12 milhões e 800 mil brasileiros e brasileiras, pais e mães de família, que estão desempregados ou vivendo na informalidade. Pessoas que estão enfrentando dificuldades para pagar o aluguel; que precisam escolher entre pagar a conta de luz ou comprar comida para os filhos; que um dia terão dificuldade de se aposentar, porque o governo quer que elas comprovem tempo de carteira assinada.
É dramático. Mas não tem que ser assim. O governo federal precisa assumir seu papel e anunciar medidas para a retomada do crescimento da produção e da oferta de empregos.
Trata-se de uma pauta prioritária a qualquer outra. É anterior à da Previdência, porque o grande número de desempregados reduz a base de contribuintes. E é anterior à da segurança, porque com mais jovens trabalhando de carteira assinada, o crime organizado terá menos novos “soldados”.
Esta semana, no Senado, defendi que usemos nossas energias para discutir de forma séria e transparente as condições para um crescimento econômico inclusivo, no qual o brasileiro lá da ponta tenha direito a ter novamente sua carteira assinada.
O governo federal precisa colocar a geração de empregos como pauta prioritária no debate nacional. Essa é a resposta que o povo espera. E como senador, irei cobrar que ela seja dada com urgência.
Weverton, senador do Maranhão e líder do PDT no Senado

MDB na bancada de oposição na Assembleia

Partido deve encaminhar ainda esta semana Ofício à direção da Casa confirmando bloco com o PV


Liderada por Adriano Sarney, bancada de oposição já oficializou nomes a Othelino Neto; MDB e PV farão bloco

O MDB vai compor a bancada de oposição na Assembleia Legislativa.
A direção da legenda deve encaminhar à presidência da Casa Ofício confirmando a adesão ao bloco liderado pelo Partido Verde.
A decisão do MDB se dá após declaração do deputado estadual Roberto Costa, semana passada, dizendo não defender a postura oposicionista automática do partido em relação ao governo Flávio Dino (PCdoB).
Costa disputa com o deputado federal Hildo Rocha a presidência regional do MDB, em eleição ainda sem data definida.

INDICAÇÃO DE RUBENS JR COMO SECRETÁRIO DAS CIDADES DO MARANHÃO REPERCUTE NA CLASSE POLÍTICA




Deputado Rubens Pereira Júnior tomará posse na secretária de Cidades


Após o governador Flávio Dino anunciar Rubens Pereira Jr como novo secretário das Cidades e Desenvolvimento, na última sexta-feira (15), deputados federais utilizaram as redes sociais para destacar a indicação. A posse coletiva de todos os novos secretários está prevista para acontecer na próxima quinta-feira (21).
O líder do PCdoB na Câmara, Orlando Silva (SP), disse que sentirá falta da companhia de Rubens Jr na Câmara dos Deputados. “Ainda bem que será por uns tempos. É um dos meus grandes parceiros. Sei que o governador Flávio Dino ganhou um secretário excepcional”, disse.
A contribuição de Rubens Jr ao governo do Maranhão também foi destacada pelo maranhense Márcio Jerry. “Parabéns e boa sorte. Desfalcará a Câmara, mas dará grande contribuição ao governador Flávio Dino”, afirmou.
Já a deputada baiana, Alice Portugal, destacou que Flávio Dino tem renovado o Maranhão, e que a Câmara perde, por uns tempos, um dos seus mais brilhantes deputados, “que usa sua inteligência à serviço do povo, e que orgulha o PCdoB”.
Outra parlamentar que fez questão de comentar a nova missão de Rubens Jr foi a líder da Minoria na Câmara dos Deputados, Jandira Feghali (RJ). “Toda sorte em seu novo desafio como Secretário de Estado no Maranhão. O brilhante governo de Flávio Dino ganhará muito com sua competência política e inteligência. Sentiremos sua falta em Brasília. Võe alto, rapaz”, disse Jandira.
A deputada acreana Perpétua Almeida classificou Rubens Jr como um dos parlamentares mais brilhantes do país, e que agora “ficará mais junto do povo do Maranhão e reforçar a equipe de um dos melhores governadores do Brasil, Flávio Dino”.
A vice-governadora de Pernambuco e presidenta do PCdoB, Luciana Santos, afirmou que “Rubens Jr é um talento”. Para ela, o parlamentar alcançou, já no primeiro mandato, o respeito dos seus pares de várias matrizes políticas e ideológicas por sua habilidade política, associada à capacidade técnica. “Tenho certeza que será um excelente secretário para ajudar nosso governador Flávio Dino no desafio de fazer um segundo Governo ainda melhor”, complementou.

A Globo mente.. a gente desmente – Caso da candidata do PRB no Maranhão


A TV Globo vem ao longo de anos perdendo a credibilidade no setor jornalístico, por veicular reportagens duvidosas e sem fundamentos. Na semana passada a emissora exibiu uma matéria de uma ex candidata a deputada estadual nas eleições de 2018, pelo partido PRB, Marisa Rosas.
Durante a reportagem, a emissora insistiu que a ex candidata teve um determinado gasto com material publicitário e teve poucos votos. Mais eles esqueceram o principal de uma reportagem investigativa, que são às buscas detalhada de informações.
Santinho da Marisa e Cleber Verde
Em momento algum durante reportagem eles mostraram o que vamos mostrar, as redes sociais da referida candidata Marisa Rosas, exibindo diversas postagens buscando aos eleitores maranhenses a confiança de lhe dar o voto.
De acordo com informações obtida pelo blog, Marisa Rosas participou ativamente de toda campanha, e esteve nas caminhadas dos candidatos do PRB, com milhares de militantes do partido. A caravana do PRB percorreu os principais bairros de São Luís, e a participação da candidata Marisa Rosas era sempre destacada, conforme mostra as fotos.
Na Cidade Operária a ex candidata Marissa com a caminhada PRB
Ao contrário do que quis mostrar a Globo, a campanha da candidata republicana foi intensa, e a mesma não esperava menos que a sua eleição como deputada.
"Rosas e não laranja" ela enfatizou que está convicta de suas pretensões, diz-se melhor preparada para candidatar-se a Vereadora de São Luís, e que o apoio do Partido é fundamental para quem não vem de família política, e especialmente não tem recursos financeiros próprio.

A ex candidata Marisa é filiada ao Partido PRB, há alguns anos, militante do PRB mulher, tendo participado de alguns encontros de formação política para mulheres, participando ativamente da vida política da nossa agremiação partidária, e muito convicta do seu desejo de participar da política, através de um mandado eletivo, e além disso, sua humildade, mulher trabalhadora, que ganha seu sustento com venda de rosas a noite, mesmo diante de suas limitações financeiras, com uma relação de muitos amigos que a queriam na vida pública, foi uma das candidatas escolhidas pela executiva estadual do PRB do Maranhão para figurar na condição de candidata.
O blog ouviu o deputado Cleber Verde(PRB), assim como a TV Globo que mesmo tendo ouvido o parlamentar, não teve a ética profissional de buscar mais informações sobre a ex candidata Marisa Rosas.
Será que a Globo não conseguiu encontrar materiais de divulgação da ex candidata Marisa, ou a reportagem foi mais uma tentativa de denegrir a imagem de Cléber Verde com uma matéria Fake.